Arquivo da tag: universal

Avanço da Universal tira força de rivais na televisão

Por Ricardo Mendonça, na Folha de S. Paulo

A inauguração de um enorme templo em São Paulo no fim do mês, com a possível presença da presidente Dilma Rousseff e outras autoridades, não é a única marca da atual ofensiva da Igreja Universal do Reino de Deus sobre seus concorrentes.

Duas operações comerciais recentes tratadas com muito mais discrição pela igreja provocam reviravolta na geopolítica das neopentecostais.

Há poucos dias, a Universal alugou 22 horas diárias da grade da TV CNT, rede paranaense controlada pela família Martinez (do ex-deputado José Carlos Martinez, presidente do PTB morto em 2003).

Com isso, tirou da emissora o concorrente Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, e o programa “Vitória em Cristo”, veiculado há 32 anos na CNT por Silas Malafaia, de um ramo da Assembleia de Deus.

O arrendamento da CNT foi a segunda manobra do tipo patrocinada pela igreja de Edir Macedo. No fim de 2013, em negociação com a família Saad, da Bandeirantes, a Universal já havia alugado toda a grade disponível do Canal 21 (UHF), que desde 2008 era 100% ocupada pela Mundial.

1419878

No meio evangélico, essas operações chamaram a atenção menos pela ampliação da capacidade de exposição da Universal e mais pelo encolhimento dos concorrentes.

A Universal já aluga fatias diárias da Bandeirantes, da Rede TV! e da Record, esta última de sua propriedade. Com 100% da CNT e do Canal 21, a igreja praticamente monopolizou os quinhões disponíveis para pregação religiosa em rede nacional.

O expurgo de Valdemiro e Malafaia de seus principais púlpitos eletrônicos tem ainda um reflexo político.

Em 2010, quando o tema do aborto ganhou destaque na eleição presidencial, eles foram os dois neopentecostais que apareceram na propaganda do então candidato José Serra (PSDB), principal rival de Dilma.

Neste ano, com o candidato Pastor Everaldo (PSC) concentrando apoios evangélicos, a Universal poderá ficar como a única neopentecostal relevante a apoiar a petista.

Para o sociólogo Ricardo Bitun, o estrangulamento promovido pela Universal é o capítulo recente mais importante da disputa entre igrejas. “A concorrência entre elas é fortíssima, com consultores auxiliando cada uma dessas operações e milhões de reais envolvidos”, diz.

As partes não comentam, mas no mercado circula a informação de que a Mundial teria perdido o Canal 21 após acumular R$ 21 milhões em dívidas com a família Saad.

Valdemiro estaria agora prestes a fazer o arrendamento integral da canal 32 UHF (antiga MTV), que em dezembro foi vendido pela Editora Abril para o Grupo Spring –o dono do grupo não foi encontrado para comentar. Nesta quarta (16), cultos da igreja já eram exibidos no canal.

O troca-troca de emissoras nem sempre é tratado de forma diplomática no meio.

Alguns anos atrás, quando R. R. Soares (Igreja Internacional da Graça) desalojou Valdemiro de um horário na Band, o líder da Mundial o acusou de falsidade e chegou a chamá-lo de racista. Disse que Soares só se referia a ele como “o bispo preto”.

Em 2012, foi a vez de Valdemiro ser mostrado como vilão. Ao perder um horário para a Mundial, Malafaia o acusou de ser dissimulado e desleal.

A Universal evita esse tipo de embate. Por escrito, afirmou que “os meios de comunicação podem e devem ser utilizados como canais evangelísticos, com o intuito de levar uma palavra de vida e fé”. Agora, o único que oferece um pouco de concorrência à Universal em rede nacional é Soares, na Rede TV! e na Band.

14164762

“Expulso” da TV aberta, Valdemiro investe em TV paga

Ricardo Feltrin, no UOL

foto: Isadora Brant/Folhapress

foto: Isadora Brant/Folhapress

Há mais de dois anos enfrentando dificuldades financeiras e expulsa pela Universal de praticamente todos os horários da TV aberta brasileira (com exceção da RedeTV!), a Igreja Mundial do Poder de Deus, de Valdemiro Santiago, agora tenta se manter em evidência ao menos na TV por assinatura.

Além de um canal religioso 24 horas que pode ser sintonizado por assinantes das maiores operadoras, Valdemiro conseguiu agora comprar mais algumas horas semanais na TV Ideal, que pertence ao Grupo Abril.

Em operadoras como TVA (Vivo), a TV Ideal pode ser sintonizada no mesmo canal que antes exibia a MTV –vendida para o grupo internacional Spring, que tem entre outros negócios, a revista “Rolling Stone”, e pretende montar um canal de TV voltado à música e celebridades em 2015.

A Mundial de Valdemiro chegou a ter 1.600 horas mensais na TV aberta brasileira, até cerca de dois anos atrás. Ele chegou a ter a totalidade do canal 21 (UHF), as madrugadas da Band, negociou a compra da CNT e mais 22 horas da TV Mix.

No entanto, por falta de pagamentos, atrasos e a perseguição sistemática do rival Edir Macedo, Valdemiro acabou perdendo praticamente todo o seu império na TV aberta.

A crise começou depois que a TV Record, que pertence ao bispo Macedo, líder da Universal, fez reportagem denunciando Valdemiro por enriquecimento ilícito e desvio de dinheiro de fiéis para compra de imóveis e outros bens particulares.

Acossado e investigado pelo Ministério Público e, pior, Receita Federal, Valdemiro foi obrigado a vender propriedades e a se desfazer de vários negócios –como as TVs e algumas rádios.

A Band ainda estaria acionando o religioso judicialmente para receber cerca de R$ 20 milhões que a Mundial lhe deve desde antes do rompimento de contrato.

A TV Ideal é um canal dedicado ao mundo corporativo, recheado de entrevistas com executivos, CEOs e programas institucionais.

Record intima artistas a inaugurar templo da Universal e cria mal-estar

625_315_1404345623Ana_Hickmann_Templo_Salomao

ANTONIO CHAHESTIAN/TV RECORD

Publicado no Notícias da TV

A Record está convidando apresentadores, atores e jornalistas para a inauguração do templo de Salomão, projeto faraônico da Igreja Universal do Reino de Deus, no próximo dia 31, em São Paulo. Os convites, no entanto, estão sendo interpretados como intimação, porque a Universal é liderada pelo bispo Edir Macedo, dono da Record. “Não se recusa convite do dono da empresa”, justifica um jornalista, que pede para não ser identificado.

A iniciativa da Record gerou constrangimentos nos bastidores da emissora. Elenco e executivos contrários à convocação argumentam que não se deve misturar religião com trabalho. Profissionais temem se “queimar” no mercado se aparecerem em fotos e reportagens sobre a inauguração do templo, que deverá contar com a presença da presidente Dilma Rousseff, contrariando conselhos de assessores do PT. Alguns artistas já estão providenciando viagens e compromissos fora de São Paulo no dia 31 para terem uma boa desculpa para a ausência.

Todos os apresentadores, os principais jornalistas e algumas dezenas de atores já foram ou serão convocados para irem à inauguração da igreja, que terá lugar para 10 mil pessoas sentadas. Vários nomes de peso já são dados como certos no evento, entre eles os apresentadores Rodrigo Faro, Ana Hickmann e Edu Guedes e os jornalistas Celso Freitas e Adriana Araújo, do Jornal da Record.

Em construção desde 2010, o templo é uma réplica ampliada da lendária igreja construída pelo bíblico rei Salomão em Jerusalém, há mais de 2.500 anos, com o interior e o altar cobertos de ouro. O templo de Edir Macedo está sendo erguido no bairro do Brás, na zona leste de São Paulo. Com 74 mil metros quadrados de área construída e 56 metros de altura, o equivalente a um prédio de 18 andares.

O projeto da igreja segue “orientações bíblicas” e incorpora elementos para “resgatar a atmosfera da época vivida por Salomão”, como madeira, pedra e cobre, que “serão usados em larga escala na área da nave”. Edir Macedo decidiu não revestir seu templo com ouro, mas importou pedras de Israel.

O templo terá duas inaugurações. uma no dia 31, com autoridades e elenco da Record, e outra no dia 14, com todos os pastores da Universal no Brasil e representantes da igreja no mundo todo.

Leão Lobo manda recado para Edir Macedo: “o que ele faz não é religioso”

Apresentador fala sobre venda de horários da CNT para a Igreja Universal: “Lastimável”

Fabrício Falcheti, no Na Telinhaleoedimacedo

No início deste mês de maio, uma notícia caiu como uma bomba na imprensa brasileira e nas redes sociais: A Rede CNT vendeu 22 horas de sua programação para a Igreja Universal do Reino de Deus, de propriedade de Edir Macedo, por R$ 5 milhões.

Diante disso, muitos programas da emissora foram cancelados e sairão do ar no início de junho. Um deles é o “Notícias & Mais”, que Leão Lobo comandava ao lado de Adriana de Castro desde 2009.

Em entrevista exclusiva concedida ao NaTelinha por telefone, Leão Lobo desabafou. O apresentador disse que está muito triste com a situação e comentou: “Não é a primeira vez que essa igreja entra no meu caminho”.

Leão reclamou das compras de espaço na TV por Igrejas e falou que pretende agir: “Eu estou gritando, gostaria de falar com o Ministro das Comunicações, com a presidenta… Não dá mais. Você está trabalhando, de repente vem uma avalanche dessa e destrói tudo. Muito chato”.

O jornalista também mandou um recado para Edir Macedo: “Eu não entendi essa história dele dizer que a igreja dele quer ser a Globo das igrejas. É uma frase completamente absurda. Não dá para comparar uma igreja. O que entendo por igreja não tem nada a ver com poder”.

Leão Lobo ainda relembrou seus momentos no SBT, falou de Silvio Santos, Ratinho, e afirmou que “voltaria correndo” caso recebesse convites de SBT e TV Gazeta.

Confira a entrevista na íntegra:

NaTelinha – Como você recebeu a notícia de que a Igreja Universal comprou 22 horas da CNT?

Leão Lobo – Com muita tristeza. Não só por mim, mas por todo mundo. São mais de 100 funcionários. É uma coisa lastimável. Não é a primeira vez que essa igreja entra no meu caminho. A primera vez foi na Rede Mulher, onde eles comparam a Rede Mulher e demitiram todo mundo.

Depois eu estava na rádio deles, e a rádio acabou, a Record. A rádio tinha acabado de completar 80 anos e foi um choque pra todo mundo.

Eu adorava trabalhar na CNT. Tinha prazer. De repente, eles compraram os horários. Evidente que não é culpa deles, nem da Igreja, nem dos donos… Mas, na verdade, é um negócio. O problema é nós não termos uma lei que nos proteja, esse é o problema. Até existe, mas acontece que ninguém segue. Só existe no papel. E aí sobra para todos nós profissionais.

Eu estou gritando, gostaria de falar com o Ministro das Comunicações, com a presidenta… Não dá mais. Você está trabalhando, de repente vem uma avalanche dessa e destrói tudo. Muito chato. E quando trabalho num lugar, visto a camisa.

NaTelinha – Houve alguma tentativa de manter o programa na grade?

Leão Lobo – Houve. É que meu programa tem custos. Só poderia ficar aquilo que não tivesse custo. Chato, né? É assim mesmo. Faz parte. Já que a lei não é cumprida, não há muito o que fazer.

NaTelinha – Qual o sentimento da equipe?

Leão Lobo – De sofrimento, de tristeza. Para todos. Tá todo mundo desolado… Temos a esperança, somos profissionais e sabemos que em algum lugar vamos trabalhar. Mas é complicado, parece que está sempre recomeçando. É uma coisa que meio que está fechando portas. E isso dói. É muito triste.

NaTelinha – E agora, pretende entrar em algum outro canal; tem alguma negociação acontecendo?

Leão Lobo – Acabei de receber um convite, há outras negociações, mas nada ainda que eu possa falar.

NaTelinha – Se você pudesse falar com Edir Macedo, proprietário da Igreja Universal que praticamente comprou a CNT, o que diria?

Leão Lobo – Eu não entendi essa história dele dizer que a igreja dele quer ser a Globo das igrejas. É uma frase completamente absurda. Não dá para comparar uma igreja. O que entendo por igreja não tem nada a ver com poder. Uma frase completamente infeliz. Gostaria que ele pensasse no sentido religioso, e o que ele faz não é religioso, não é cristão. Continue lendo

Políticos frequentam drive-thru de oração em Brasília, diz pastor

drive1Fernando Moreira, no Page Not Found

O músico Júlio Duarte de Souza, de 30 anos, enviou ao PAGE NOT FOUND o relato abaixo. O morador de Brasília registrou com câmera a atividade em um drive-thru de oração na capital federal. Ele chegou até a entrevistar um pastor no local:

“Que sanduíche, que nada! A moda agora na nossa capital federal é o Drive-Thru de oração. Tudo porque a Igreja Universal do Reino de Deus de Brasília resolveu inovar nos serviços prestados aos fiéis. Desde o início do mês, quem passa de carro pela EQS 212/213, Área Especial, na Asa Sul do Distrito Federal, pode receber bênçãos ali mesmo, sem sair do veículo. É coisa rápida: você para o carro, o pastor se aproxima, pede pra você colocar a cabeça pra fora da janela, ele te benze, te entrega um papel com umas orações e você segue o seu caminho. Tudo isso sem pagar nada!”

“De acordo com um pastor que não quis se identificar, a tenda do Drive Thru de Orações funciona das 8h às 20h, de domingo a domingo, atende a mais de 400 motoristas por dia e por enquanto o serviço ainda não é cobrado. ‘É uma promoção para os fiéis’, disse ele. Ainda segundo informações do pastor, em horário de pico rolam até uns engarrafamentos. Vários parlamentares já foram vistos no local recebendo suas bênçãos, mas o tal pastor achou melhor não citar o nome de nenhum”.

fotos: Júlio Duarte de Souza

fotos: Júlio Duarte de Souza