Padre excomungado grava vídeo para questionar papa Francisco

Publicado na Folha de S.Paulo

Após ter a excomunhão oficializada pelo Vaticano, o ex-padre Roberto Francisco Daniel, de 49 anos, gravou um vídeo em que “conversa” com o papa Francisco e faz vários questionamentos sobre a punição determinada pela Igreja Católica.

Excomungado desde abril do ano passado pela Diocese de Bauru (a 329 km de São Paulo), o religioso ainda aguardava a confirmação da punição pela Santa Sé, o que ocorreu há uma semana.

Padre Beto, como é conhecido, foi punido por defender o casamento entre gays e divorciados e por questionar dogmas da igreja.

No vídeo gravado após a decisão do Vaticano, ele pergunta o que fez de errado e questiona a punição.

“O interessante é que você vem se mostrando aberto ao diálogo”, diz, dirigindo-se ao papa. “Aí vem a ratificação da minha excomunhão, que é uma postura de não dialogar. Se a igreja me excomunga porque refleti sobre ideias, onde está a igreja aberta que você está construindo?”

Beto também pergunta ao papa sobre os padres pedófilos que foram afastados da igreja, mas não excomungados.

Ele levanta a possibilidade de o papa Francisco ter assinado sem ler o seu processo de excomunhão e ataca uma parte dos católicos.

“Você tem um clero que muitas vezes não age com ética e transparência”, critica.

O ex-padre faz também uma campanha nas redes sociais, com o uso da hashtag “E aí Papa?”, baseada nos questionamentos feitos no vídeo. O vídeo já foi visto por quase cinco mil pessoas no Youtube.

Casamenteiro

Professor universitário e escritor, o ex-padre continua celebrando casamentos mesmo após ser excomungado. É contratado por casais gays, divorciados ou fiéis que querem fazer a cerimônia fora dos templos.

No comunicado que oficializa a excomunhão, o Vaticano pede aos fiéis que não participem dos cultos celebrados por Beto e informa que os matrimônios feitos por ele após a declaração da pena não têm validade.

Leia Mais

Japonês pede namorada em casamento com “maior desenho em GPS do mundo”

01marryme-2
publicado na INFO

Em 2010, um artista japonês chamado Yassan deixou sua namorada em casa e viajou durante seis meses pelo Japão.

Seu objetivo era criar o maior pedido de casamento do mundo.

Equipado com um GPS, o artista (cujo nome real é Yasushi Takahashi) percorreu 7 163 km pelo país, a maior parte deles, a pé.

Quando chegou em casa, enviou os dados do navegador para o Google Maps e mostrou para a amada.

O resultado foi a imagem acima: sua trajetória formou no mapa do Japão a expressão “Marry Me”, ou “Case Comigo”, em português.

O Guinness Book classificou a obra como “o maior desenho em GPS do mundo”, seja lá o que isso signifique.

Além do pedido de casamento, Yassan costuma fazer outros desenhos pelo GPS e já possui um extenso portfólio.

Em 2008, ele largou o emprego para “experimentar o Japão que eu só conheço pelos livros.”

Uma fabricante de botas fez um pequeno documentário que conta a história do maior pedido de casamento do mundo. Assista abaixo.

Yassan’s Proposal – A Walkumentary from this that + the other on Vimeo.

Leia Mais

Pai herói se veste de Homem–Aranha para alegrar filho com câncer

Rafael Ciscati, na Épocajayden_com_spidey

Toda criança já sonhou com, um dia, encontrar seu super-herói favorito. A infância não é das fases mais simples da vida e, às vezes, até as crianças precisam ser resgatadas. O pequeno Jayden Wilson é um rapazinho de 5 anos recém completados. Tem um tumor no cérebro e, segundo os médicos, deve viver por mais um ano.

O pai de Jayden, Mike Wilson, decidiu convidar um herói para resgatá-lo no seu quinto aniversário. Vestiu-se de Homem-Aranha, saltou do telhado e deixou o menino quase sem reação diante da surpresa: “Quando eu saltei, Jayden fez a carinha que eu imaginei que faria – surpreso e feliz ao mesmo tempo”, disse Mike ao Buzzfeefd.

O vídeo da surpresa, publicado no domingo (16), já foi visto mais de 900 mil vezes.

Mike é atleta: faz parkour e corre. Em termos acrobáticos, é quase um Homem-Aranha. Para ajudar o filho, criou uma página no Facebook e um fundo para custeio das despesas médicas. Jayden não salta ou corre por aí. Mas ninguém duvida que, a sua maneira, é também um pouquinho heroico.

Jayden vestido de spidey (foto: Reprodução/ Facebook)
Jayden vestido de spidey (foto: Reprodução/ Facebook)

 

Leia Mais

Após piada em WhatsApp, PM faz blitz da Lei Seca e prende 26 em Natal

Foto de tenente no aeroporto se espalhou com a mensagem: ‘Bora beber’.
‘Dei a resposta’, disse Styvenson após operação realizada nesta madrugada.

Publicado no G1

Responsável por coordenar as operações da Lei Seca na capital potiguar, o tenente da Polícia Militar Styvenson Valentim disse que ficou chateado com uma foto que circulou nas redes sociais na qual ele aparece embarcando, na última quarta-feira (12), para um seminário em Brasília, e decidiu dar uma resposta à provocação. A imagem, de autoria desconhecida, se espalhou pelos grupos de WhatsApp com a seguinte mensagem: ‘Bora beber que o homem viajou… vai com Deus Ten. Steyveson’. Na madrugada deste sábado (15), já com o tenente de volta a Natal, 57 carteiras de habilitação foram recolhidas e 26 motoristas presos por embriaguez ao volante durante fiscalização realizada na Avenida Engenheiro Roberto Freire, na Zona Sul da cidade. “Esta foi a minha resposta”, afirmou ao G1.

ten

Enquanto permaneceu no Distrito Federal, não houve nenhuma fiscalização para coibir crimes de trânsito na capital potiguar. O tenente disse que desembarcou em Natal pouco depois da meia-noite, já na madrugada deste sábado. Meia hora depois, já estava na Avenida Engenheiro Roberto Freire, onde montou a barreira de fiscalização juntamente com o Departamento Estadual de Trânsito. “Estava muito cansado. Mas decidi dar uma resposta ao gaiato que fez a foto e espalhou a imagem. Para mim, isso foi um afronte. Não à minha pessoa, mas à legislação. Se arrisca quem acha que tá liberado beber e dirigir”, rebateu.

Choro na blitz
Ainda de acordo com o tenente Styvenson, um dos motoristas presos durante a blitz realizada nesta madrugada chorou após soprar o bafômetro e ficar constatado que ele estava sob efeito de álcool. “O rapaz chorou bastante. Tava tão bêbado que inventou um monte de histórias. Disse até que havia sido assaltado. Descobrimos, depois, que ele tinha brigado numa festa, onde encheu a cara”, revelou o oficial.
O rapaz, assim como os outros 25 detidos por embriaguez ao volante, foram autuados na Delegacia de Plantão da Zona Sul da cidade, pagaram fiança e foram liberados. Mesmo assim, responderão criminalmente pelo crime de trânsito, pagarão multa no valor de R$ 1.915,40, perderão 7 pontos na carteira e ainda terão a CNH apreendida durante um ano.


Música pro carnaval

Natalense, a cantora Débora Reis decidiu aproveitar a fama do tenente Styvenson para fazer sucesso. Após ser abordada e ter de parar o carro para soprar o bafômetro três vezes – e em outras duas ocasiões sair de casa durante a madrugada para ir buscar amigos detidos por embriaguez ao volante – ela está gravando um repertório para ser lançado durante o carnaval de 2015 e escolheu a ‘Lei Seca’ como inspiração para dar nome à música carro-chefe do CD. A pedido do G1, Débora gravou um vídeo para mostrar o trabalho.

Na letra da música, Débora brinca com o oficial da PM, quando diz: “Calma, tenente, tem dó da gente, eu bebi pouco só pra relaxar”. O tenente Styvenson Valentim ouviu a música e elogiou a cantora. Para ele, Débora foi inteligente ao sintetizar a sensação e as explicações de quem é abordado pela equipe da Lei Seca. “As pessoas alegam que foi só uma cerveja para relaxar porque trabalham demais e o valor da notificação para muitos é onerosa. A cantora tem essa percepção porque presenciou o que mais eu escuto todas as noites”, afirma.

choro

Estatísticas
Em Natal, a operação Lei Seca já prendeu 567 pessoas dirigindo sob efeito de álcool somente no período de janeiro a agosto deste ano. Do total de presos, 495 são homens e 72 mulheres. Os dados, divulgados pelo Detran, mostram ainda que outros 1.693 motoristas foram autuados administrativamente por embriaguez ao volante.
No total, a operação autuou criminalmente e administrativamente 2.260 condutores, dos quais 1.977 tiveram suas carteiras de habilitação apreendidas. De todas as autuações, administrativas e criminais, 81,95% envolveram homens e 18,05% mulheres. Os motoristas que não tiveram as carteiras apreendidas se encontravam sem habilitação ou eram inabilitados.

Dos 2.260 motoristas autuados, 1.079 foram punidos por terem se recusado a fazer o bafômetro. As recusas ao teste do etilômetro representam 47,7%, quase metade das autuações. Quando a situação acontece, o condutor é autuado administrativamente, tem a carteira de habilitação recolhida e é multado em R$ 1.915,40.

Lei Seca
As regras da Lei Seca consideram ato criminal quando o motorista é flagrado dirigindo com índice de álcool no sangue superior ao permitido pelo Código Brasileiro de Trânsito: 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido ou 6 decigramas por litro de sangue.
Nesse caso, a pena é de detenção de 6 meses a 3 anos, multa e suspensão temporária da carteira de motorista ou proibição permanente de obter a habilitação.
Condutores autuados por esse tipo de infração pagam R$ 1.915,40 de multa, perdem 7 pontos na carteira e têm a CNH apreendida. O valor é dobrado caso o motorista tenha cometido a mesma infração nos 12 meses anteriores.
Se o bafômetro registrar um índice igual ou superior a 0,05 miligrama de álcool por litro de ar, mas abaixo do 0,34 permitido pelo Código de Trânsito, o condutor é punido apenas com multa.
No exame de sangue, o motorista será multado por qualquer concentração de álcool, e pode ser preso se tiver mais de 6 decigramas de álcool por litro de sangue.

Leia Mais

Mulher finge estar bêbada para ver como homens reagem na rua

Publicado na RedeTV!

Uma bela atriz usando um vestido curto resolveu fazer um experimento nas ruas dos Estados Unidos e fingiu estar bêbada para ver como os homens reagiriam quando ela pedisse ajuda para chegar em casa. O vídeo com o resultado da câmera escondida faz sucesso nesta terça-feira (11) no YouTube.

No ‘experimento social’, como o canal do YouTube onde o vídeo foi postado chamou o vídeo, a atriz quer encontrar um ônibus para chegar em casa mas é convidada pela maioria dos homens a ir até outro lugar.

Confira:

Leia Mais