Arquivo da tag: Vídeo

Brasileira homenageia pai morto com vídeo de viagem planejada pelos dois

Ela pediu que anônimos pelo mundo falassem o nome de seu pai.
Vídeos vieram de países que eles queriam visitar antes de ele ter câncer.

Paula Arnoso com seu pai, Emanuel, que morreu de câncer (foto: Arquivo pessoal/Paula Arnoso)

Paula Arnoso com seu pai, Emanuel, que morreu de câncer (foto: Arquivo pessoal/Paula Arnoso)

Flávia Mantovani, no G1

No ano passado, Paula Arnoso e seu pai, Emanuel, fizeram uma lista dos 18 países para onde gostariam de viajar juntos. Mas um câncer descoberto por Emanuel já na fase terminal – e que o levou à morte em menos de um mês – interrompeu os planos dos dois em fevereiro deste ano.

Paula resolveu, então, realizar o sonho deles de uma forma diferente. Com a ajuda de desconhecidos, a profissional de marketing de 23 anos fez um vídeo reunindo pessoas em vários países falando a mesma frase, em seu idioma natal: “Manu, estou aqui” (Manu era o apelido de seu pai).

Para chegar a essas pessoas, Paula contou com a ajuda de amigos que viajam frequentemente ou que moram fora do país. Também escreveu para desconhecidos que encontrava em redes sociais, moradores dos países de sua lista, pedindo uma colaboração.

Em uma semana, chegaram 80 vídeos. “Fiquei surpresa de ver que tanta gente ajudou mesmo sem me conhecer. Muita gente se emocionou e me escreveu”, disse ela ao G1.

‘Sonhos na gaveta’

Gerente em uma empresa de telefonia aposentado, Emanuel descobriu o câncer já na fase de metástase, aos 63 anos, no dia 27 janeiro deste ano. Vinte e três dias depois, morreu.

Apesar de se interessar por vários lugares do mundo, tinha muito medo de voar de avião e só havia saído do país uma vez, para ir ao Paraguai. “Ele tinha medo de se arriscar, não tinha coragem de fazer as viagens. Morei em Londres em 2012 e só minha mãe foi me visitar, ele não conseguiu ir”, conta Paula.

A ideia de fazer o vídeo veio com a dica de uma amiga, que sugeriu que ela participasse de um concurso sobre vídeos inspiradores. Devido ao prazo do concurso, foi tudo feito em duas semanas.

Dos 18 lugares da lista, ela só não conseguiu vídeos na Antártica. “Mas consegui colaborações de lugares como Madagascar, Trinidad e Tobago… Não achei que conseguiria tanto material”, diz ela.

Trechos do vídeo em que desconhecidos homenageiam Manu, o pai de Paula Arnoso (foto: Reprodução/Youtube/Paula Arnoso)

Trechos do vídeo em que desconhecidos homenageiam Manu, o pai de Paula Arnoso (foto: Reprodução/Youtube/Paula Arnoso)

Segundo Paula, além de homenagear o pai, a ideia é incentivar as pessoas a realizarem seus desejos. “Quero mostrar que os sonhos não podem ficar guardados na gaveta, que as pessoas deveriam viver seus planos, como meu pai não teve tempo de viver”, diz.

Veja todas as mortes que já aconteceram em Game of Thrones

game-of-thrones-wallpaper-1920x1080thrones-game-logo-burning-wallpapers-games-wallpaper-1920x1080-px-ca1fk0cm-1260x710Publicado no Gizmodo

Depois de muita espera, hoje estreia a nova temporada de Game of Thrones. Que tal comemorar a data à moda de George R. R. Martin, o autor da série de livros? Ele parece não sentir muito amor por nenhum dos personagens, já que é só a gente piscar e umas trinta pessoas são esfaqueadas, envenenadas, jogadas de penhascos, decapitadas e coisas do tipo.

Esse vídeo feito pelo Digg mostra, em menos de três minutos, as 5.179 mortes que aconteceram na série. Não, você não leu errado: são cinco mil cento e setenta e nove mortes, mesmo.

Também não podemos esquecer essa pessoa abençoada (ou sádica ou masoquista, não sei bem) que marcou cada morte nos livros da série com um post it. É, pessoal, seu Georginho não é fácil.

aBKnxqO_700b

O cão que ficou famoso na web como o mais feliz do mundo, agora adotou uma família de pintinhos

Vicente Carvalho, no Hypeness

Lembram do Champ, o cachorro mais feliz do mundo? Pois é, como se não bastasse toda a doçura desse Golden Retriever de 11 anos de idade, agora ele ‘adotou’ uma ninhada de pintinhos.

Sua dona, a jovem fotógrafa de 21 anos Candice Sedighan, conheceu um homem que havia colocado os filhotes em uma incubadora, mas depois disse que não conseguiria mais mantê-los. Candice então os levou pra casa com a intenção de encaminhá-los para um local mais seguro depois. Ela então apresentou a família de pintinhos ao seu cachorro Champ, um dócil cão já na melhor idade, e ele foi muito carinhoso quando Candice colocou um filhote em sua mão e mostrou pro cão. Ele o cheirou e ela percebeu que ele não faria nenhum mal. “Cães idosos também são inegavelmente doces e cheios de sabedoria, um dos meus maiores objetivos através de minhas fotos, é mostrar aos outros que cães idosos pode ser bonitos, também!” disse a jovem fotógrafa.

E com a repercussão das fotos deles, bem em breve a ninhada será adotada por uma fazenda que possa criá-los em um ambiente natural. Veja algumas das fotos e vídeos:

champbirds01 champbirds02 champbirds03 champbirds04 champbirds011 champ champ2 champ3 champ4


Todas as fotos © Candice Sedighan,

A marca de cereal que transformou ódio em amor

A Honey Maid transformou o ódio em amor numa resposta classificada como “épica” entre os internautas que comentaram o vídeo

A marca de cereal que transformou ódio em amor, Honey Maid: criação tem assinatura da premiada Droga5, de Nova York

A marca de cereal que transformou ódio em amor, Honey Maid: criação tem assinatura da premiada Droga5, de Nova York

Publicado por Adnews [via Exame]

No começo de março, a marca de cereal Honey Maid veiculou um anúncio diferente.

Um comercial que deixaria o deputado federal Salvador Zimbaldi – autor do projeto de lei que quer proibir famílias gays em comerciais brasileiros – de cabelos em pé.

Além de exibir pais gays no anúncio, o filme também celebrou pais de etnias diferentes. Muita gente gostou. Mas houve críticas. Muitas. O que a marca fez? Deu o troco. E com classe.

A Honey Maid chamou duas artistas. Elas imprimiram todos os comentários preconceituosos e homofóbicos em folhas de papel.

O objetivo era selecionar toda a repercussão negativa e transformá-la em algo bom. As folhas foram enroladas como se fossem tubos. Um pouco de cola quente e pronto, a resposta estava acabada.

A Honey Maid transformou o ódio em amor numa resposta classificada como “épica” entre os internautas que comentaram o vídeo.

A criação tem assinatura da premiada Droga5, de Nova York.

Veja:

Confira o comercial original: