Arquivo da tag: Vídeo

Após Joelma ser acusada de homofobia, fã gay defende cantora: “Ela não é preconceituosa”

Joelma no vídeo em que "tenta converter" um fã gay (Reprodução/ Youtube
Joelma no vídeo em que “tenta converter” um fã gay

Neto Lucon, no Virgula

Joelma, da banda Calypso, foi acusada de homofobia nesta semana após um vídeo da cantora conversando com um fã gay cair na rede. Nele, a artista dizia para Michel Mendes se converter, “virar homem, casar, ter filhos e dar alegria aos pais”.

Após as declarações caírem nas redes sociais – e de a cantora, que é evangélica, ser considerada homofóbica – o fã Michel publicou um novo vídeo nesta quinta-feira (2) no Youtube para defender a sua musa. Segundo ele, Joelma não é preconceituosa e tudo foi uma grande brincadeira.

“A Joelma não é essa pessoa que todos estão pensando. Ela não é anda preconceituosa, nada homofóbica. Ela trata a gente superbem. Essa história foi uma brincadeira que eu comecei e ela fez comigo. Foi tudo uma brincadeira”, declara o jovem.

Em seu Twitter, na noite de quinta-feira (2), a cantora assumiu que era ela nas imagens, mas garantiu que não é preconceituosa. “Foi em Belém. Um dos ‘abusados’ do Calypso estava brincando comigo, falando das intimidades deles para mim. Fique vermelha e brinquei. Se eu fosse preconceituosa, meu melhor amigo não seria gay”.

A assessoria da artista afirmou que a religião não atrapalha em nada no contato com os fãs e que a maior parte dos admiradores da banda Calypso é formada por homossexuais. “Cerca de 90% dos fãs da Calypso são homossexuais e eles estão completamente ao lado dela, porque conhecem ela. Muitos deles sabem da relação dela com a religião e brincam dessa forma para deixá-la constrangida, vermelha e ela brinca assim para reverter a situação, mas não que ela queira converter alguém, é uma troca de brincadeiras”.

O fã concorda: “Tudo não passa de um mal entendido”.

Vice-ministra da Costa Rica é demitida após vídeo erótico

Publicado originalmente no Opera Mundi

A vice-ministra de Cultura da Costa Rica, Karina Bolaños, foi demitida nesta segunda-feira (30/07) por conta de uma sensual e calorosa declaração de amor a um amante. Ela surgiu em um vídeo erótico no You Tube no qual aparece apenas de lingerie lamentando estar “sozinha” e “desejando” seu parceiro.

Em um comunicado oficial, o ministro da Cultura costa-riquenho, Manuel Obregón, reconheceu que “as informações que circularam estão estritamente relacionadas à vida privada de Karina e não com seus afazeres enquanto funcionária pública”. Contudo, lamentou que seja necessária sua remoção do cargo “para que possa enfrentar o caso no âmbito particular”. No mesmo documento, consta que a demissão de Karina foi formalizada em um decreto assinado pela presidente do país, Laura Chinchilla.

No vídeo, a funcionária surge em uma cama, vestida apenas com suas roupas íntimas. Ela se dirige a seu suposto amante, “Pequis”, e diz que está fazendo tudo aquilo porque o ama. O vídeo se espalhou rapidamente pelas redes sociais, mais ainda não se sabe como acabou publicado na Internet.

A polêmica surge no momento em que o governo de Laura Chinchilla vive uma forte queda em seus índices de popularidade. Em uma pesquisa de opinião publica nesta segunda-feira (30/07), 75% dos costa-riquenhos disseram ver o governo Chinchilla como “corrupto” e 53% alegaram estar insatisfeitos com o trabalho da chefe de Estado.