‘Empacotador galã’ faz sucesso na web após ter foto postada por cliente

Alex virou celebridade instantânea e ganhou destaques e jornais e TVs.
Apelidado de ‘Alex from Target’, jovem trabalha em loja da rede no Texas.

'Empacotador galã' fez sucesso na web após ter foto postada no Twitter (foto: Reprodução/Twitter/Auscalum )
‘Empacotador galã’ fez sucesso na web após ter foto postada no Twitter (foto: Reprodução/Twitter/Auscalum )

Publicado no G1

Apelidado de “empacotador galã”, um jovem que trabalha em uma loja da rede Target no estado do Texas, no EUA, se transformou em viral no país depois que uma jovem compartilhou uma foto do adolescente  no Twitter.

Com o sucesso nas redes sociais, Alex virou uma celebridade instantânea e ganhou destaques em diversos jornais, como o Washington Post, e programas de TV. Até o show da comediante Ellen DeGeneres procurou o jovem.

A hashtag #alexfromtarget recebeu mais de 809 mil menções no Twitter em apenas 24 horas, de acordo com a imprensa americana.

Leia Mais

Foto irônica com Silas Malafaia faz sucesso nas redes sociais

malafaia1

Publicado no Portal Forum

Uma foto publicada na última segunda-feira pela jovem Murielle Facure se tornou um viral na internet. A imagem traz o pastor Silas Malafaia ao fundo e uma plaquinha com os dizeres: “Abra sua mente, gay também é gente”. O trecho da música do grupo Mamonas Assassinas e a expressão séria do pastor foram motivos suficientes para gerar milhares de compartilhamentos no Facebook, além de mensagens de apoio à manifestação de Murielle.

“Apenas a melhor foto do ano”, “Merece um prêmio”, “Palmas infinitas!” foram alguns dos comentários na rede social. Segundo informações publicadas no jornal Extra, ela o encontrou em um voo da Gol e disse que, depois do clique, foi chamada de “estúpida” por Malafaia, que é declaradamente opositor da causa LGBT.

Leia Mais

Criador do desafio do balde de gelo morre afogado nos Estados Unidos

Corey Griffin, de 27 anos, lançou campanha após diagnóstico de amigo.
Iniciativa arrecada dinheiro para tratamento da esclerose lateral amiotrófica.

Corey Griffin, um dos criadores do 'desafio do gelo', morreu afogado (foto: Reprodução/Facebook/Corey Griffin)
Corey Griffin, um dos criadores do ‘desafio do gelo’, morreu afogado (foto: Reprodução/Facebook/Corey Griffin)

Publicado no G1

Corey Griffin, um dos criadores do “ALS Ice Bucket Challenge”, o desafio do balde de gelo, morreu afogado em um acidente de mergulho no sábado (16). Aos 27 anos, ele havia arrecadado US$ 100 mil horas antes de sua morte e estava orgulhoso pela popularidade de sua campanha na internet, de acordo com o jornal “Boston Globe”.

Por volta de duas da madrugada daquele dia, Griffin saltou de um cais tradicionalmente usado por moradores de Nantucket, em Massachussetts, para mergulhos. Ele ainda teria voltado à superfície uma vez antes de se afogar. Um salva-vidas que estava de folga e passava pelo local o resgatou, mas ele foi declarado morto ao chegar ao hospital.

O jovem ajudou a popularizar o desafio do balde de gelo depois que seu amigo Pete Frates recebeu o diagnóstico de esclerose lateral amiotrófica, mal degenerativo também conhecido como doença de Lou Gehrig.

A campanha desafia personalidades a jogar um balde de água gelada contra a cabeça ou fazer uma doação de US$ 100 a ALS Association – ou os dois. Caso a pessoa participe da brincadeira, pode desafiar outros a fazer o mesmo em até 24 horas.

A campanha se tornou viral após Mark Zuckerberg, criador do Facebook, e Bill Gates, da Microsoft, terem divulgado seus vídeos. De acordo com o Facebook, 28 milhões de usuários aderiram, incluindo diversos artistas e celebridades que vão de Lady Gaga a Ana Maria Braga. Na quarta (20), por exemplo, o sapo Kermit, dos Muppets, e o ex-presidente dos EUA, George W. Bush, postaram vídeos de seus desafios.

Mais de US$ 15 milhões já foram arrecadados em menos de um mês, segundo comunicado oficial divulgado no site da ALS Association no domingo (17).

Leia Mais

Adolescente tira selfie todo dia por sete anos e monta vídeo com imagens

selifeseteanos590

Publicado no Homem Objeto

O jovem Hugo Cornellier resolveu contar a história de sua vida através das selfies, literalmente. Ele tira autorretratos todo dia há sete anos, desde quando tinha 12.

Agora, com 19, ele juntou todas as selfies em uma vídeo-montagem que mostra as mudanças físicas por que passou nesse tempo, quando foi de menino a homem. O vídeo já passou das 1,5 milhão de visualizações no YouTube.

O resultado vale ser visto.

Leia Mais