Kaká aceita proposta do São Paulo e negocia saída com o Milan

Kaká controla a bola no amistoso do Brasil contra a Irlanda (foto: Glyn Kirk/AFP)
Kaká controla a bola no amistoso do Brasil contra a Irlanda (foto: Glyn Kirk/AFP)

Danilo Lavieri, Guilherme Palenzuela e Pedro Lopes, no UOL

Kaká já aceitou a proposta do São Paulo. De acordo com o que pessoas da diretoria são-paulina informaram ao UOL Esporte, o que resta para a negociação ser concretizada é o acerto do jogador com o Milan. Ele tem mais um ano de contrato com o time italiano e precisa se acertar com os dirigentes para poder retornar à equipe que o revelou.

Em conversa rápida pelo telefone, o presidente são-paulino admitiu que negocia com o atleta. “Estamos conversando mesmo com o Kaká, mas não tem nada certo”, disse o dirigente diretamente do Itaquerão, onde acompanha ao jogo entre Uruguai e Inglaterra pela segunda rodada do grupo D da Copa do Mundo.

A reportagem apurou que o jogador foi, de fato, procurado pela diretoria são-paulina. Pela primeira vez desde que foi para a Europa, ele admite o fato de voltar ao país. A assessoria de imprensa do atleta não se pronunciou.

No fim desta temporada, inclusive, admitiu que pensava em deixar a Itália. “No final da temporada vou conversar com Galliani (Adriano, chefe executivo) para ver as ideias para a próxima temporada e o que o clube quer. Eu tenho um desejo de jogar nos Estados Unidos, e se for para deixar o clube, vou para a América”, falou em entrevista ao jornal italiano Corriere Della Sera.

No meio do ano passado, Kaká voltou ao Milan onde foi melhor do mundo (em 2007) depois de ser pouco aproveitado no Real Madrid pelo técnico José Mourinho. No time italiano, fez uma temporada regular, mas não foi o suficiente para tirar o clube italiano da crise e despertar o desejo do técnico Luiz Felipe Scolari em convocá-lo para a seleção brasileira.

A última vez que Kaká vestiu a camisa amarela foi no começo de 2013, em amistosos contra Rússia e Itália. Depois, não voltou mais. Ele ainda tem mais um ano de contrato com os italianos.

Há cerca de uma semana, a revista Caras chegou a publicar que Kaká tinha se separado de sua mulher Carol Celico. Apesar disso, depois da reportagem, o casal colocou fotos juntos nas redes sociais.

O São Paulo está, neste momento, em uma intertemporada nos Estados Unidos. O time fará um amistoso contra o Orlando City. De lá, Luis Fabiano já até fez uma brincadeira na sua conta de Facebook e postou uma foto dele ao lado do meio-campista na Copa das Confederações de 2009, quando atuaram lado a lado.

Há três semanas, frente a uma pressão popular, o presidente Carlos Miguel Aidar recuou após descartar a contratação do zagueiro uruguaio Diego Lugano e iniciou campanha para repatriá-lo. Afirmou que negociaria com o jogador após a pausa no Brasileirão, mas, como disseram próprios membros da diretoria, não passava de jogo de cena para satisfazer os anseios da torcida.

Leia Mais

Robert Plant admite reunião do Led Zeppelin

Led Zeppelin - Celebration Day 3Publicado no Judão

Durante uma entrevista à versão australiana do programa 60 Minutes, o cantor Robert Plant foi novamente questionado sobre um retorno do Led Zeppelin. Era óbvio, não tem como ele se sentar na frente de um jornalista e não ouvir esta questão. Todavia, no entanto, contudo, o que ninguém esperava é que a resposta fosse diferente da negativa usual. O que Plant disse foi: “olha, minha agenda está disponível em 2014. Tudo depende do Jimmy [Page, guitarrista] e do John [Paul Jones, baixista]“.

BOOM!

E ainda completou: “estes dois capricornianos vivem em seus casulos e a fama de malvado acaba sobrando sempre pra mim”.

É a primeira vez em muitos anos que Plant se mostra aberto a uma reunião do grupo, enquanto Page e Jones sempre disseram estar abertos a uma turnê conjunta e que isso só dependeria da vontade do vocalista.

A última vez que eles se reuniram foi em 2007, para um show completo que foi recentemente lançado em CD/DVD com o nome “Celebration Day”. Na bateria, o finado John Bonham foi substituído por seu igualmente talentoso filho, Jason Bonham.

Leia Mais

Mulher doa rim ao marido e quer órgão de volta após término do relacionamento

1010785_651781094863809_968472017_nPublicado no Diário do Nordeste

O que parecia uma prova de amor entre um casal acabou por se tornar um pesadelo para inglesa Samantha Cordeiro. Ela doou um dos seus rins para o ex-marido, salvando-lhe a vida, mas, agora, ela deseja o órgão de volta após o término do relacionamento.

Samantha deseja repassar o órgão para outra pessoa. Foto: Daily News

O ex-marido, Andy Cordeiro, sofria de insuficiência renal, até que a esposa, em um ato de solidariedade e após vários testes, decidiu doar um dos seus rins.

Em 2012, alguns anos após o procedimento, realizado em 2009, o casamento ruiu. De acordo com a mulher, o marido a traía com uma de suas amigas. Sem deixar qualquer aviso, o homem saiu de casa e nunca mais voltou.

Agora, Samantha tenta localizá-lo para que ele assine os papéis do divórcio e, se fosse possível, gostaria de reaver o órgão doado.

“Eu o odeio. Se eu pudesse, então eu iria levá-la de volta e dá-lo a outra pessoa”, desabafou ao jornal Daily News.

dica da Jeane Almeida

Leia Mais

Portuguesa consegue liminar na Justiça comum e volta à Série A

Juiz de São Paulo confirma que STJD terá que reverter decisão sobre queda do time no Brasileirão

Gonçalo Junior no Estadão

Felipe Rau/Estadão Lusa teve que recorrer a Justiça comum
Felipe Rau/Estadão
Lusa teve que recorrer a Justiça comum

SÃO PAULO – A 42ª Vara Cível de São Paulo determinou na tarde desta sexta-feira que a CBF devolva os quatro pontos retirados da Portuguesa no Campeonato Brasileiro devido à escalação irregular do meia Héverton, contra o Grêmio. A decisão concede uma liminar ao advogado e torcedor da Portuguesa Daniel Neves e foi concedida pelo juiz Marcello do Amaral Perino, o mesmo que havia dado ganho de causa para um flamenguista na manhã desta sexta-feira. Com isso, a Portuguesa está de volta à Série A, mas cabe recurso da decisão.

Mestre e doutor em processo civil pela USP e também professor da mesma universidade, Neves deu entrada com a documentação nesta sexta-feira com um pedido especial chamado de “distribuição por dependência”, pedindo que o juiz do processo do Flamengo fosse o mesmo para o caso da Portuguesa.

O descumprimento do Estatuto do Torcedor e o Código de Defesa do Consumidor são as bases jurídicas das ações dos torcedores da Portuguesa e também de um inquérito civil aberto pelo Ministério Público de São Paulo na quarta-feira.  A Promotoria do Direito do Consumidor decidiu abrir um inquérito por também entender que houve irregularidade na punição da perda de quatro pontos imposta à Portuguesa. O Estatuto do Torcedor, que determina a necessidade de publicação das punições dos atletas no site da CBF, é superior ao Código Brasileiro de Justiça Desportiva. A confederação e o tribunal têm dez dias para apresentar esclarecimentos. No dia 22, representantes da Portuguesa foram convocados para uma audiência. Se os quatro pontos não forem devolvidos, o MP deve entrar com Ação Civil Pública contra CBF e STJD, ou seja, levar a decisão sobre o rebaixamento para a Justiça.

A decisão mexe novamente na tabela do Campeonato Brasileiro 2013. Com a reversão da punição para Portuguesa e Flamengo, o Fluminense, que já comemorava a garantia na Série A em 2014, volta para zona de rebaixamento e com isso, disputará a Segunda divisão da competição nacional neste ano.

Leia Mais

Globo volta a postar links no Facebook

facebPublicado no Olhar Digital

A Globo reviu sua posição de não publicar links no Facebook e, desde segunda-feira, 30, vem postando conteúdo com URLs que levem a seus sites. A novidade já está valendo na página do jornal O Globo e, em breve, deve ser estendida aos demais veículos do grupo.

As Organizações Globo vetaram a postagem de links no Facebook em abril do ano passado, quando todos os funcionários receberam um e-mail informando sobre a decisão. Entraram G1, as diversas revistas da Editora Globo, o jornal O Globo etc.

No mês seguinte, a empresa aumentou a polêmica ao afirmar que a maior rede social do mundo é irrelevante para a Globo. Juarez Queiroz, CEO da Globo.com, declarou que algo entre 1% e 2% da audiência dos sites vinham de lá.

Em junho, a emissora foi mais longe ao proibir que programas da casa citem o Facebook ou o Twitter. Sempre que houver necessidade de se falar dos sites, o primeiro deverá ser substituído por “uma grande rede social” e o segundo, por “rede social de mensagens curtas”. Na época, a emissora explicou ao Olhar Digital que, “por política comercial da Globo, marcas quando citadas são entendidas como merchandising”.

Agora, pelo menos no Facebook, as coisas estão como eram para a página do jornal do grupo. E, de acordo com o Meio&Mensagem, as do G1, da Rede Globo, entre outros, devem voltar a postar links novamente em breve.

Leia Mais