Pai usa ‘short revelador’ após discordar de roupa da filha e vira hit

Scott Mackintosh saiu vestido com roupa curta para jantar com a família.
Foto de americano foi reproduzida dezenas de milhares de vezes na web.

paishorts1

Publicado no G1

No estado de Utah, nos EUA, um pai se tornou sensação na web depois ser fotografado em diversas poses com um short curto, que seria uma forma de represália ao discordar da maneira como a filha estava se vestindo.

Scott Mackintosh discutiu com a filha Myley sobre a maneira como a jovem estava se vestindo, e pediu para que ela não utilizasse um short tão curto em um jantar em família. Após diversas negativas da jovem, Scott criou sua própria bermuda, que chamou de “roupa reveladora”, e a vestiu para sair com a família, de acordo com o jornal “New York Daily News”.

O homem foi motivo de piada de toda a família, e as fotos “sensuais” de Mackintosh foram parar no Tumblr da filha, que conseguiu dezenas de milhares de compartilhamentos.

Mackintonsh, no entanto, disse que fez a brincadeira para mostrar para a filha que, às vezes, prefere que a jovem vista algo mais “tradicional”. “Ela sempre saberá que seu pai a ama e se preocupa com ela a ponto de fazer papel de idiota”, afirmou Scott.

Leia Mais

Carol Magalhães causa polêmica na web por excesso de magreza

Neta do finado político Antônio Carlos Magalhães, atriz completou 34 anos nesta quinta-feira Foto: Instagram / Reprodução
Neta do finado político Antônio Carlos Magalhães, atriz completou 34 anos nesta quinta-feira
Foto: Instagram / Reprodução

publicado no Terra

No dia em que completa 34 anos, nesta quinta-feira (7), a atriz Carolina Magalhães postou uma inocente imagem no Instagram, provavelmente esperando receber a série de elogios tão comuns de fãs que seguem celebridades. Mas a foto, na qual aparece posando em um elevador, acabou gerando polêmica pela magreza da neta do finado político Antônio Carlos Magalhães – e rendeu uma série de críticas de parte de seus quase 36 mil seguidores na rede social.

“Anorexia?”, perguntou um; “credo, que horror”, alfinetou outra; “preocupada com xuxu. Tá muito magrinha”, completou mais uma. Na foto – cuja legenda é “tomando um solzinho no dia do niver. Faz bem, né?” -, a Carol aparece de biquíni, com a barriga à mostra, deixando bastante aparentes os ossos de sua costela. Nas coxas os ossos também se mostram sobressalentes.

A atriz não comentou as críticas na página, mas, pouco depois, postou mais três fotos, incluindo uma em que destaca um farto prato de comida, com carne, salada, batata palha e banana.

Leia Mais

Vida da blogueira Yoani Sánchez em Cuba é melhor do que se imagina

blogueira cubana yoani sánchez
Blogueira cubana Yoani Sánchez desfruta de uma “vida de marajá”. (Foto: web)

“La Dolce Vita” de Yoani Sánchez em Cuba é financiada com os dólares e euros pagos pelos conglomerados midiáticos privados, potências imperialistas e serviços secretos

Salim Lamrani, no Pragmatismo Político

Ao ler o blog da dissidente cubana Yoani Sánchez, é inevitável sentir empatia por esta jovem mulher, que expressa abertamente sua oposição ao governo de Havana. Descreve cenas cotidianas de privações e de penúrias de todo tipo. “Uma dessas cenas recorrentes é a de perseguir os alimentos e outros produtos básicos em meio ao desabastecimento crônico de nossos mercados”, escreve em seu blog Generación Y.

De fato, a imagem que Yoani Sánchez apresenta dela mesma – uma mulher com aspecto frágil que luta contra o poder estatal e contra as dificuldades de ordem material – está muito longe da realidade. Com efeito, a dissidente cubana dispõe de um padrão de vida que quase nenhum outro cubano da ilha pode se permitir ter.

Mais de seis mil dólares de renda mensal.

A SIP (Sociedade Interamericana de Imprensa), que agrupa os grandes conglomerados midiáticos privados do continente, decidiu nomeá-la vice-presidente regional de sua Comissão de Liberdade de Imprensa e Informação por Cuba. Sánchez, que como de costume, é tão expressiva em seu blog, manteve um silêncio hermético sobre seu novo cargo. Há uma razão para isso: sua remuneração. A oposicionista cubana dispõe agora de um salário de seis mil dólares mensais, livres de impostos. Trata-se de uma renda bastante alta, habitualmente reservada aos quadros superiores das nações mais ricas. Essa importância é ainda maior considerando que Yoani Sánchez reside em um país de Terceiro Mundo em que o Estado de bem-estar social está presente e onde a maioria dos preços dos produtos de necessidade básica está fortemente subsidiada.

Em Cuba, existe uma dupla circulação monetária: o CUC e o CUP. O CUC representa aproximadamente 0,80 dólares ou 25 CUP. Assim, com seu salário da SIP, Yoani Sánchez dispõe de uma renda equivalente a 4.800 CUC ou a 120.000 CUP.

O poder aquisitivo de Yoani Sánchez

Avaliemos agora o poder aquisitivo da dissidente cubana. Assim, com um salário semelhante, Sánchez poderia pagar, a escolher:

- 300.000 passagens de ônibus;
- 6.000 viagens de táxi por toda Havana
- 60.000 entradas para o cinema;
- 24.000 entradas para o teatro;
- 6.000 livros novos;
- 24.000 meses de aluguel de um apartamento de dois quartos em Havana;
- 120.000 copos de garapa (suco de cana);
- 12.000 hambúrgueres;
- 12.000 pizzas;
- 9.600 cervejas;
- 17.142 pacotes de cigarro;
- 12.000 quilos de arroz;
- 8.000 pacotes de macarrão;
- 10.000 quilos de açúcar;
- 24.000 sorvetes de cinco bolas;
- 40.000 litros de iogurte;
- 5.000 quilos de feijão;
- 120.000 litros de leite (caso tenha um filho de menos de 7 anos);
- 120.000 cafés;
- 80.000 ovos;
- 60.000 quilos de carne de frango;
- 60.000 quilos de carne de porco;
- 24.000 quilos de bananas;
- 12.000 quilos de laranja;
- 12.000 quilos de cebola;
- 20.000 quilos de tomate;
- 24.000 tubos de pasta de dente;
- 24.000 unidades de sabão em pedra;
- 1.333.333 quilowatts-hora de energia;
- 342.857 metros cúbicos de água potável;
- 4.800 litros de gasolina;
- um número ilimitado de visitas ao médico, dentista, oftalmologista ou qualquer outro especialista da área de saúde, já que tais serviços são gratuitos;
- um número ilimitado de inscrições a um curso de esporte, teatro, música ou outro (também gratuitos).

Essas cifras ilustram o verdadeiro padrão de vida de Yoani Sánchez em Cuba e dão uma ideia sobre a credibilidade da opositora cubana. Ao salário de seis mil dólares pagos pela SIP, convém agregar a renda que cobra a cada mês do diário espanhol El País, do qual é correspondente em Cuba, assim como as somas coletadas desde 2007.

Com efeito, no período de alguns anos, Sánchez recebeu múltiplas distinções, todas financeiramente remuneradas. No total, a blogueira recebeu uma retribuição de 250.000 euros, ou seja, 312.500 CUC ou 7.812.500 CUP, quer dizer, uma importância equivalente a mais de 20 anos de salário mínimo em um país como a França, quinta potência mundial.

A dissidente, que primeiro emigrou à Suíça depois de optar por voltar a Cuba, é bastante sagaz para compreender que o fato de adotar um discurso a favor de uma mudança de regime agradaria aos poderosos interesses contrários ao governo e ao sistema cubanos. E eles, por sua vez, saberiam se mostrar generosos com ela e permitiriam gozar da dolce vita em Cuba.

(*) Doutor em Estudos Ibéricos e Latinoamericanos pela Universidade Paris Sorbonne-Paris IV, Salim Lamrani é professor titular da Université de la Réunion e jornalista, especialista das relações entre Cuba e Estados Unidos.

dica do Rodrigo Cavalcanti

Leia Mais

Jogadores de NBA “tocam” música de Natal com bolas e viram hit

Publicado originalmente no Bombou na Web

O comercial de Natal da NBA estreou na semana passada e já teve mais de 440 mil 5.800.000 visualizações. A peça traz cinco jogadores da liga americana de basquete – Dwyane Wade, Dwight Howard, Carmelo Anthony, Joe Johnson e Russell Westbrook – batendo bola no ritmo da música natalina Carol of the Bells. A propaganda faz parte da campanha Big Color: no dia 25 de dezembro os atletas vão jogar vestindo uniformes de uma cor. Confira no vídeo:

Leia Mais