Por que às vezes eu lembro do que sonho e outras vezes não?

Publicado no UOL

Só é possível se lembrar de um sonho se você despertar minutos depois que ele acabou. O ser humano sonha todas as noites e várias vezes, mas só consegue se lembrar se acordar durante o sono REM, ou melhor, a fase do sono em que a maioria dos sonhos ocorre.

O sono é composto por quatro principais ciclos por noite: a fase de sonolência, o sono leve, o profundo e o REM. O cérebro vai se revezando entre elas durante a noite. Neste último estágio, há uma movimentação rápida dos olhos (daí a origem da sigla: rapid eye movement, em inglês), o cérebro fica mais ativo e o indivíduo muito relaxado.

É nesse momento que as áreas cerebrais organizam a memória, tornando-a duradoura e aumentando a quantidade de experiências que você armazena. E é justamente quando os sonhos ocorrem, momento em que experiências vividas naquele dia ou guardadas na memória se unem em uma história que nem sempre tem sentido.

As pessoas que se lembram com mais frequência de seus sonhos, portanto, costumam ter o sono mais leve, já que acordam mais vezes durante a noite, interrompendo o REM. Já as pessoas que dormem o suficiente e descansam bem durante a noite, geralmente não se lembram de nada.

Fontes: Alex Baeta, médico responsável pelo ambulatório de doenças do neuroperiférico da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e neurologista clínico na Beneficência Portuguesa; Rosana Cardoso Alves, neurologista e especialista em Medicina do Sono do Fleury Medicina e Saúde.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *