Você pensa que Instagram é bagunça? Então veja 8 razões para ser banido

Publicado no UOL

Como toda rede social, o Instagram faz o possível para “manter a harmonia da casa”. A rede social de fotos trabalha com equipes e sistemas especialmente preparados para identificar e combater violações contra os termos de uso.

Assim, não passarão aqueles usuários que pretendem ter uma vantagem desleal conseguindo seguidores, extrapolando nas interações, enviando spams, infringindo a propriedade intelectual, ou publicando notícias falsas.

Para quem pensa que o “Insta” é a casa da mãe Joana, o acesso de um usuário comum podem ser interrompido de forma temporária ou definitiva. Confira abaixo oito razões para ser banido do Instagram, segundo a própria rede social.

“Fake news” e perfis falsos
Qualquer notícia que não tenha a verdade como base será removida. Por isso, é proibido contribuir para que uma “fake news” seja disseminada. Existem investigações de atividades suspeitas para detectar comportamentos que procuram promover ou criar falsas notícias ou falsos perfis. Essas ações são consideradas nocivas porque quebram a confiabilidade do conteúdo visualizado.
Não é necessário revelar a identidade, mas o registro do usuário deve ser verdadeiro, atual e preciso. Nenhuma pessoa pode se passar por outra, ou criar uma conta para alguém sem permissão, pois isso caracteriza comportamento enganoso.

Conteúdo impróprio
Imagens e vídeos com apelação sexual, uso de substâncias prejudiciais à saúde, maus-tratos aos animais ou conteúdo violento não são admitidos por serem considerados ofensivos.

Também não se deve expor no Instagram pessoas em situações constrangedoras, o que é considerada uma conduta prejudicial. Dependendo do teor das publicações, até mesmo medidas legais podem ser tomadas pela vítima exposta, conforme a lei do país.

Denúncias
Se algum perfil for denunciado ou até mesmo bastante bloqueado, o sistema que detecta violações entende que diversas pessoas ficaram incomodadas com alguma postagem. São diversos os motivos para denúncias: insultos, bullying, conteúdo ofensivo, desrespeito, promoção ou vendas de produtos e serviços inadequados, entre outros.

Comportamento abusivo
Discursos de ódio, preconceito, ameaças ou intolerância de qualquer tipo não são aceitos. Deve-se evitar a divulgação de informações ou fotos pessoais para assediar, expor ou chantagear alguém, incluindo aí quem também compartilha a postagem.

Somente são aceitos compartilhamentos que pretendem causar uma conscientização contra comportamentos abusivos em casos específicos, mas será preciso deixar clara a intenção. As informações de quem praticou alguma entre as infrações citadas podem ser compartilhadas pelo Instagram a autoridades responsáveis para o cumprimento da lei.

Excesso de publicações e mensagens spam
Para garantir um equilíbrio, o número de postagens e curtidas de cada perfil são monitorados por um algoritmo. A rede social sabe o nível de precisão para que a quantidade de postagens não se tornem excessivas. O ideal é publicar uma imagem depois de um tempo da mais recente.

Mensagens indesejadas enviadas para diversas pessoas e emoticons usados de forma exagerada nos comentários também não costumam ser bem-vindos pela moderação do Instagram, mas isso é avaliado caso a caso.

Compra de seguidores e bots
Serviços automatizados em determinados casos podem ser considerados uma fraude por comprometer as interações reais. Os mecanismos de scripts são detectados facilmente pelo Instagram, que verifica as atividades da conta para procurar seguidores comprados, criados ou gerenciados por bots. Caso a suspeita seja confirmada, esse tipo de perfil entrará sem cerimônia na lista de encerrados.

Infrações de direitos autorais
Se uma imagem publicada não for própria, uma denúncia fará o usuário ser banido por infrações aos direitos de imagens. Caso as publicações não respeitem os direitos de propriedade intelectual, inicialmente elas serão removidas.

Quando isso acontece repetidas vezes; o responsável pelo uso de imagens sem autorização sofrerá a penalidade . Para não ter problemas, ao publicar uma foto de alguém, marque o autor na descrição, o mesmo é válido para vídeos de músicas.

Dar “follows” e “unfollows” exageradamente
O Instagram não confirma oficialmente, mas existem rumores de que a rede oficial tem seus limites de interações. Esta usuária afirma que a plataforma permite por hora até 60 curtidas, seguidas, comentários ou mensagens (Directs). Já o “deixar de seguir” (unfollow), o limite é de 30 novas contas por hora. No geral, na rede social seria permitido um máximo de 1440 ações por dia.

Números à parte, quem for muito além do ritmo considerado “normal” de interações poderá entrar no castigo, como recentemente foi o caso do ator Miguel Falabella. Daí não poderá interagir como ninguém por um período que varia de duas horas até duas semanas.

Um bloqueio temporário não exige nenhuma comunicação com o suporte e nem outra ação, a não ser esperar a recuperação do estado normal de uso.

Como recuperar a conta

O usuário desativado por algum equívoco poderá contatar a Central de Ajuda. Mas se caso o banimento seja permanente, não existem chances de reativação.

Para garantir que a mesma pessoa não tenha um novo perfil, é possível que o Instagram faça uma investigação baseada no uso das informações coletadas anteriormente. Na tela inicial do aplicativo, vá no canto superior direito, onde estão três barras horizontais. Após isso, escolha “Configurações”, depois em “Ajuda”, continue em “Relatar um problema”, informe o ocorrido, e finalize em “Enviar”.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Você pensa que Instagram é bagunça? Então veja 8 razões para ser banido

Deixe o seu comentário