Cinco vantagens de revender lingerie do atacado

O número de desempregados no Brasil continua a crescer no segundo semestre de 2020 influenciado, principalmente, pela crise econômica e os seis meses de pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o IBGE, atualmente, são quase 13 milhões de brasileiros sem emprego, que, consequentemente, buscam maneiras de se reinventarem para conseguirem pagar as contas.

O Global Entrepreneurship Monitor (GEM) aponta que muitas pessoas começaram a investir em negócios próprios, como forma de abrandar as dificuldades financeiras. Em 2020, 25% da população adulta brasileira terão aberto um negócio próprio ou alcançado a marca de 3,5 anos de empreendedorismo.

Uma das maneiras mais conhecidas de empreender e buscar uma renda extra, inclusive conciliando com outras atividades, é a revenda. E a compra de peças no atacado de lingerie é opção estratégica para quem investe no ramo.

Diferente de artigos como sapatos, roupas formais e maquiagem, o mercado de lingerie cresceu até durante a pandemia. Afinal, mesmo de casa, trabalhando em regime de home office, as mulheres demandam roupas íntimas confortáveis e de qualidade.

Vale a pena investir em peças como sutiã e calcinha no atacado, além de camisola, baby doll e pijamas em tempos de crise econômica e de saúde mundial.

1. Ganho de renda extra

O ganho de renda extra é uma das principais vantagens da revenda de lingerie e o que atrai grande parte do público que atua nessa atividade. Para quem está fora do mercado de trabalho formal, é uma oportunidade para alcançar independência financeira.

Além disso, há a possibilidade de aumentar a renda em meses mais apertados, dedicando mais horas para a atividade, a fim de vender mais peças. E a diversidade de artigos para compra, como sutiã no atacado, e oferta à clientela contribui para esse processo.

2. Definição do próprio horário

Trabalhar com revenda também significa definir seu próprio horário de expediente. Para mães ou pais solteiros, por exemplo, isso é essencial para organizar a rotina. Os dias em que o filho fica doente ou requer uma atenção especial podem ser facilmente adaptáveis.

Além disso, é possível estender as horas de trabalho em meses específicos e tirar dias de folga quando convier. Tudo irá depender da necessidade pessoal de cada um.

3. Conciliação com outras tarefas

A definição do próprio horário também implica na possibilidade de conciliar a revenda de lingerie com outras tarefas. Isso é ideal para quem ainda estuda ou precisa continuar trabalhando em outra área, mas se dedica a aumentar a renda familiar. Essa liberdade requer muita organização para que a revendedora possa aproveitar todas as vantagens da atividade. Afinal, a revenda é para ser um adianto na vida financeira e não causar prejuízos.

Com disciplina e uma boa estratégia de divulgação dos produtos é possível potencializar os lucros, tornando a atividade ainda mais segura.

4. Contato com diversas pessoas

Outra vantagem de revender produtos é conhecer cada vez mais pessoas, de diferentes estilos, e poder ampliar a rede de contatos.
Além de gerar boas amizades, isso pode significar uma oportunidade de emprego. Se um cliente sabe que abriu uma vaga na sua empresa, existem chances de lembrar da profissional e indicá-la ao trabalho.

Por isso, mais do que ser boa revendedora, é preciso sempre mostrar as melhores qualidades, já que nunca se sabe quando uma oportunidade pode surgir.

5. Aumento da confiança

O desemprego, apesar de não significar falta de capacidade, pode impactar diretamente na confiança e na autoestima da pessoa. Desse modo, encontrar uma forma de ajudar nas contas de casa pode ser um grande passo para qualquer profissional.
Também pode ser que a revendedora descubra nesta atividade uma paixão e a sua vocação, e consiga ter a estabilidade profissional e financeira que desejava.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Cinco vantagens de revender lingerie do atacado

Deixe o seu comentário