No Datafolha, Lula (35%) e Bolsonaro (34%) empatam no voto evangélico

Publicado no Metrópoles

O instituto Datafolha divulgou nesta quarta-feira (12/5) sua primeira pesquisa de intenção de voto para 2022 depois que o STF devolveu os direitos políticos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O petista vence o adversário Jair Bolsonaro (sem partido) nas simulações de primeiro e segundo turno e mostra força em um segmento caro ao atual presidente, o voto dos evangélicos.

Segundo o Datafolha, os dois empatam tecnicamente neste segmento do eleitorado, com Lula numericamente à frente: 35% a 34%.

A pesquisa

Juntando todos os pesquisados pelo Datafolha, no primeiro turno, Lula alcançou 41% das intenções de voto e lidera com folga. Em segundo, vem o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), com 23%; seguido pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro (sem partido), com 7%; o ex-ministro da Integração Ciro Gomes (PDT), com 6%; o apresentador Luciano Huck (sem partido), com 4%; o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que obtém 3%; e, empatados com 2%, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) e o empresário João Amoêdo (Novo).

Num eventual segundo turno contra o atual presidente, Lula venceria por 55% a 32%, segundo o levantamento.

Ainda segundo o Datafolha Lula também venceria no segundo turno contra Moro (53% a 33%) e Doria (57% a 21%).

Bolsonaro empataria tecnicamente com Doria, marcando 39% contra 40%. E perderia para Ciro, obtendo 36% contra 48% do pedetista.

A pesquisa, segundo o Datafolha, foi feita com 2.071 pessoas, de forma presencial, em 146 municípios, nos dias 11 e 12 de maio. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Outros recortes

No Datafolha, Lula está à frente de Bolsonaro em todas as regiões e alcança 56% no Nordeste. Bolsonaro vai um pouco melhor no Sul e no Centro-Oeste/Norte, marcando 28% em ambas.

Lula é mais forte entre os que têm ensino fundamental (51%) e entre os que ganham até dois salários mínimos (47%).

Entre as pessoas que estão adotando o isolamento social na pandemia de coronavírus, Lula é apoiado por 58%, contra 8% de bolsonaristas. Entre os que estão vivendo normalmente, como prega Bolsonaro, Lula tem 33%, e Bolsonaro, 36%.

Na pesquisa espontânea, quando não são apresentados nomes, Lula marca 21%, e Bolsonaro, 17%. Ciro vem em terceiro, com 1%, e os demais não chegam a essa marca.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for No Datafolha, Lula (35%) e Bolsonaro (34%) empatam no voto evangélico

Deixe o seu comentário