arte + cultura pop

Como fazer uma música de sucesso sem dizer nada

Esse medley musical conta uma breve história das música que fizeram sucesso entre 1964 e 2008, tendo refrões formados apenas por sílabas sem sentido. Algumas são facilmente reconhecidas, outras nem tanto, mas o vídeo é bem criativo O grupo conta com Jane Lui nos vocais ( http://youtube.com/luieland ) , Michael T. no baixo ( http://www.michaelt.org ) e Jonathan Batiste no piano ( http://www.jonathanbatiste.com ). n

A ovelha muda decidiu falar

Pastores Indiana Jones em busca da arca perdida. Mais uma legal do “Estratagema de Deus”, os mesmos caras de A graça da garça. dica do Leandro Ayala

Estende a mão ao homem sem visão

, “Estende a mão” (Charles F. Brow) na versão sublime do Kol Brasilis. Arranjo lindíssimo do Obadias de Deus. Outros vídeos “de prima” no plataforma.art.br #recomendo Estende a mão ao homem aflito Estende a mão ao triste coração Estende a mão ao que anda sozinho, sem lar, sem abrigo Estende a mão! Estende a mão a quem só te odeia Estende a mão ao pobre estrangeiro Estende a mão ao […]

Esculturas que não param no tempo

Via Born Rich Moments in Time é a nova coleção do escultor Dominic Wilcox   Pequenas esculturas em relógios antigos mostram diferentes momentos fugazes da vida cotidiana Dominic Wilcox cria obras de arte que representam os movimentos diários do homem, especialmente em relógios. Em seu mais recente exemplo de criatividade, ele introduz sete modelos. A inspiração para a série é como situações e pessoas diferentes conseguem se cruzar entre si no tempo. No ano […]

‘Jesus sarado’ quer aproximar jovens da religião

Publicado originalmente na BBC Jesus Cristo, herói do século XXI. A reinvenção de quem, para os cristãos, é o filho de Deus gerou um fenômeno artístico nos Estados Unidos. Com peitoral marcado, braços musculosos e atitude de vencedor, o Cristo chegou inclusive à capa do jornal ‘The New York Times’. ‘Um Chuck Norris de sandálias’, assim definiu-o a publicação. O autor dos desenhos, o artista Stephen Sawyer, de 58 anos, […]