Era uma vez uma cidade

Antonio Prata, na Folha de S.PauloEra uma vez uma cidade que se considerava "a locomotiva do Brasil", mas cuja tara rodoviária era, ironicamente, uma das responsáveis por quase não haver locomotivas no Brasil. O lema escrito no escudo da cidade, em latim, era "Não sou conduzido, … Continuar lendo

Dar cabo

Antonio Prata, na Folha de S.PauloAos oito anos de idade, descobri que o ser humano não prestava. Estava no banco de trás do carro, descendo a 23 de Maio, li "Abaixo a ditadura!" num muro e perguntei pro meu pai o que significava aquilo. Meu pai, cuja particularíssima pedagogia … Continuar lendo

Fogo na capela

Antonio Prata, na Folha de S.PauloPor uns dias, acreditamos que seria possível vencer sem Neymar, sem Thiago Silva, sem meio de campo, sem time: só no grito, no peito, na raça, no hino, mas a seleção a capela não pegou na banguela e morremos na praia -ainda que em Minas, tão perto do … Continuar lendo

Vai ter toldo

Antonio Prata, na Folha de S.PauloCada vez que leio sobre os gastos com a Copa, lembro do meu casamento e das intermináveis discussões a respeito do toldo. Quem já trocou alianças numa casa ou num local aberto sabe do que estou falando. Chega uma hora na organização de todo casório em … Continuar lendo