Conteúdo marcado como caio fábio

Os perdidos que sabem ou quase sabem

Caio Fábio Nas parábolas de Lucas 15 e 16 Jesus descreveu muitos ângulos diferentes da condição humana em sua perdição, tanto quanto também expressou o modo redentor de o Pai agir em relação à alienação humana em cada um desses casos. Inicialmente temos a Ovelha Perdida. É o ser humano que se atabalhoou no caminho e perdeu a direção, o sentido da vida; ou seja: o caminho do Pastor. Nesse caso, […]

Nós, o Diabo… e a paciência inexplicável do amor de Deus

Caio Fábio Hoje, pela milésima vez, me perguntaram por que Deus não acaba logo com essa briga entre Ele e Satanás; posto que, disse o perguntante, ele [a pessoa] não tem nada a ver com essa questão entre Deus e o Diabo. A questão reflete o que já disse dezenas de vezes antes, até mesmo aqui no site — inclusive no texto hoje abundantemente visto como vídeo na Vem e […]

Você cansou da bondade?

Caio Fábio Nós, humanos, temos enorme facilidade de mudarmos para o mal; está na nossa natureza caída esta tendência; e, entregues a nós mesmos, é da nossa perversa natureza a inclinação mutante para o que não seja aquilo para o que fomos criados. Difícil mesmo é mudarmos dia a dia para o melhor de nós; para a semelhança de Deus; para o amor, a alegria, a paz, a bondade, a […]

Eu sou sim e sou não; assim e não eu sou não sou

Eu sou sim e sou não; assim e não eu sou não sou
Caio Fábio Coisa muita estranha é esta de ser um homem divinamente caído e caidamente divino! Sim, de carregar o finito e o infinito; de ser mortal e eterno; de ser animal mamífero e um deus filho de Deus; de ser livre para escolher e condicionado a tantas determinações que turvam a escolha; de ter arbítrio e também de reagir à revelia do arbítrio; de ser santo na mesma natureza […]

O ‘politicamente correto’ é do diabo

O 'politicamente correto' é do diabo
Caio Fábio A pessoa “politicamente correta” é aquela que aprendeu e pratica a moral da civilização pós-moderna. Ser “politicamente correto” é ser diplomático sempre. É não enfrentar nada, sempre em nome da boa educação — mas que pára o fluxo da sinceridade em amor. Ser “politicamente correto” é seguir o fluxo civilizatório como dogma religioso. É ser contra falar qualquer coisa sobre qualquer tema controvertido. Têm suas opiniões, mas em […]