Conteúdo marcado como Carlos Drummond de Andrade

Carlos Drummond de Andrade: A morte de tão depressa nem repara no que fez

Ricardo Gondim recita “A morte a cavalo”, poema de Carlos Drummond de Andrade.

Amigos, amigos – Cyro e Drummond

Amigos, amigos – Cyro e Drummond
Ricardo Gondim Carlos Drummond de Andrade e Cyro dos Anjos foram grandes amigos. Ao longo da vida, trocaram inúmeras cartas (sim, naquele tempo se escreviam cartas). Do Rio de Janeiro, em 22 de julho de 1936, Drummond narrou os seus sentimentos após visitar Belo Horizonte. A capacidade do poeta de expressar o que outros sentem, mas não conseguem dizer, encanta. Vale reproduzir um trechinho: […] Eu vou mal. Voltei bouleverse […]

Zé Wilker, Zé de Abreu e outros “Josés” recitam Drummond

Em comemoração aos seus 110 anos, Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) é tema da Festa Literária Internacional de Paraty 2012, e também recebe homenagens de José de Abreu, José Wilker, José Mayer, José Celso e Paulo José. A pedido do UOL os atores recitaram o poema “E Agora, José?”, que virou tema de muitos brasileiros e marca a fase social do poeta. Produção de Adriana de Barros, Amanda Serra e […]

Receita de Ano Novo

Receita de Ano Novo
Carlos Drummond de Andrade Para você ganhar belíssimo Ano Novo cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido (mal vivido talvez ou sem sentido) para você ganhar um ano não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; novo até no coração das coisas menos percebidas (a começar pelo seu interior) novo, espontâneo, que […]