Conteúdo marcado como Carta Capital

A onda Bolsonaro e o despertar do neonazismo

A onda Bolsonaro e o despertar do neonazismo
Jair Bolsonaro foi responsável por acordar os nazistas na rede. Foto: Renato Araújo/ABr Clara Roman, na CartaCapital Em 11 de maio de 2011, o Ceará eliminou o Flamengo na Copa do Brasil. No dia seguinte, a Safernet, organização que monitora crimes de ódio na rede, recebeu mais de cinco mil denúncias sobre perfis do Twitter que incitavam o ódio contra nordestinos na internet. Fenômeno similar foi observado pouco antes, em […]

Medíocres e perigosos

Medíocres e perigosos
Matheus Pichonelli, na CartaCapital O reacionário é, antes de tudo, um fraco. Um fraco que conserva ideias como quem coleciona tampinhas de refrigerante ou maços de cigarro – tudo o que consegue juntar mas só têm utilidade para ele. Nasce e cresce em extremos: ou da falta de atenção ou do excesso de cuidados. E vive com a certeza de que o mundo fora da bolha onde lacrou seu refúgio […]

Medíocres Torquemadas

Medíocres Torquemadas
Mauricio Dias, na CartaCapital As igrejas, sempre de costas para o futuro, continuam intolerantes às renovações. No tempo do domínio católico no Ocidente, os contestadores de falsas verdades eram atirados à fogueira, amaldiçoados pela Inquisição, que não dava trégua a supostas heresias. Nos dias de hoje, impotentes para ditar condenações capitais, os inquisidores ordenam aos fiéis a punição de políticos que defendem propostas dissidentes à doutrina que pregam. O aborto […]

Repórter da Carta Capital chama Reinaldo Azevedo de “Exu da Veja”

Repórter da Carta Capital chama Reinaldo Azevedo de “Exu da Veja”
Anderson Scardoelli, no Comunique-se Citado em post do blog de Reinaldo Azevedo, da Veja, o repórter da revista Carta Capital, Leandro Fortes (foto), se referiu ao colega de profissão como “Exu da Veja”.  O blogueiro do site da revista da Editora Abril criticou, em texto publicado na tarde desta sexta-feira, 24, a postura de Fortes em relação ao acordo judicial dos jornalistas Heraldo Pereira (TV Globo) e Paulo Henrique Amorim […]

Manual para ser interessante nas redes sociais

Matheus Pichonelli, na CartaCapital [via Observatório da Imprensa] Como no Big Brother, existe uma maneira muito simples de a gente parecer mais interessante do que de fato é diante de uma multidão. Basta criar uma conta no Facebook e manifestar desprezo por qualquer coisa que seja popular. Como o Big Brother, ou o Orkut. Em janeiro, quando as inserções do Pedro Bial passam a ser mais frequentes na TV, o […]