Conteúdo marcado como charlie hebdo

O herói muçulmano: jovem funcionário de origem africana salvou 6 pessoas de sequestrador

O herói muçulmano: jovem funcionário de origem africana salvou 6 pessoas de sequestrador
Publicado em O Globo Ao mesmo tempo em que o fundamentalista islâmico Amedy Coulibaly invadia o mercado de produtos kosher Hyper Cacher, em Paris, e armado com um fuzil e fúria jihadista disparava e matava três clientes e um empregado, uma história de solidariedade com o próximo, sem ver cor ou credo, se desenrolava. Um funcionário muçulmano da loja — que atendia uma clientela judaica — salvou seis pessoas ao […]

Je suis Charlie, juif, musulman…

Je suis Charlie, juif, musulman...
A primeira impressão é de vitória do extremismo, de recrudescimento do radicalismo, já que a barbárie calou a liberdade de expressão Zuenir Ventura, em O Globo Os jornais “Le Monde” e “Le Figaro”lembraram que o pior ato de terror em Paris foi o que ocorreu em 1961, durante a guerra pela independência da Argélia, quando a Organização Armada Secreta, a OAS, de direita, explodiu uma bomba no trem Estrasburgo-Paris, descarrilando […]

França: policial morto em ataque à revista era muçulmano

França: policial morto em ataque à revista era muçulmano
Publicado no Terra A primeira vítima fatal do ataque à sede da revista satírica Charlie Hebdo nesta quarta-feira foi Ahmed Merabet, 42 anos, um policial que seria muçulmano. O homem teria implorado por sua vida, com as mãos para cima, mas levou vários tiros e morreu no local. As informações são do The Independent. Merabet foi visto deitado em uma calçada, com as mãos para cima em sinal de rendição. […]

Censura em nome de Deus

Rui Martins, no Direto da Redação Deus tem de ser respeitado, nisso todas as religiões, circuncisas ou não, estão de acordo. E, por tabela, têm de ser respeitados aqueles que representam Deus na Terra – podem ser Jesus, Maomé, Buda, o Papa – ou os livros nos quais se acredita estar a Revelação divina, no caso a Bíblia, o Corão, o Talmud. A questão de se instituir a censura em […]

Revista francesa publica charges do profeta Maomé

Revista francesa publica charges do profeta Maomé
Publicado no O Globo Governo francês reforça segurança em representações diplomáticas no mundo muçulmano A revista semanal satírica “Charlie Hebdo” publicou mais uma vez charges do profeta Maomé, em uma decisão criticada por autoridades francesas, que enviaram a polícia para proteger os escritórios do semanário. Temendo uma onda de reações violentas no exterior, o governo mandou reforçar a segurança de sedes diplomáticas e fechará embaixadas, escolas e consulados franceses em […]