Conteúdo marcado como condenou

Laicos, graças a Deus

Laicos, graças a Deus
João Pereira Coutinho, na Folha de S.Paulo Leio nas notícias que um tribunal do Sudão condenou uma mulher à morte. Mas, na hora da sentença, os juízes confrontaram-se com um pormenor: a referida mulher está grávida de oito meses. O tribunal foi salomônico: a mulher pode dar à luz primeiro e só depois ser enforcada. Justíssimo. Mas qual foi o crime hediondo de Meriam Yehya Ibrahim? Eis a história, contada […]