Conteúdo marcado como Devia

Psicanalista lança manual de sexo para judeus ultraortodoxos

Psicanalista lança manual de sexo para judeus ultraortodoxos
Ribner criou guia com ilustrações que ficam fechadas dentro de envelope. Sexo é tabu para judeus ortodoxos, permitido só depois do casamento. publicado no G1 Sexo é um assunto delicado, mas entre judeus ultraortodoxos pode ser mais sensível ainda. Para tentar quebrar um pouco o tabu que gira em torno do tópico, um terapeuta em Jerusalém elaborou um manual de sexo específico para esta comunidade. Até um tempo atrás havia uma sex shop […]

Homens bons, religiosos maus

Homens bons, religiosos maus
Ricardo Gondim No judaísmo contemporâneo de Jesus, o fariseu representava uma facção austera, conservadora, dogmática. Embora tenham sido execrados como ícones da demagogia religiosa, é preciso todo cuidado para não discriminá-los. Não devemos generalizar, nem quando se trata de uma seita rotulada a priori como falsa. Sim, é verdade, Jesus denunciou que eles estavam fermentados pela hipocrisia. Contudo, torna-se necessário também reconhecer que mesmo em uma instituição religiosa adoecida, joio e […]

Caio Fábio: Os 3 tipos de atitude em relação à Bíblia

Pastor da Assembleia de Deus “Vivendo em Cristo” de São Gonçalo (RJ), Elvis Breves (qual o significado deste nome, Jorge Linhares?)  gravou um vídeo no qual aparece comendo algumas páginas da Bíblia. A ~estratégia~ não é nova. Famosão depois de “cheirar” a Bíblia, o ex-Getsêmani e atual Lagoinha Lucinho Barreto (2 diminutivos é pleonasmo?) declarou que já comeu algumas páginas das Escrituras, citando episódios bíblicos para embasar a “refeição”. O […]

Intimidade

Luiz Felipe Pondé, na Folha de S.Paulo Duas coisas me encantam: o amor e a intimidade. Sou daquele tipo de pessoa que tem preconceito contra quem não é capaz de se sujar de intimidade. Sou um homem de obsessões. Uma delas é que não controlamos a vida. Mas, mesmo assim, devemos tentar ter algum controle sobre ela. Ao final, sempre somos derrotados. Se pensarmos nisso, nada vale a pena. Mas, […]