Conteúdo marcado como dois anos

A mulher que fez o jogador Bernardo perder a cabeça

A mulher que fez o jogador Bernardo perder a cabeça
Dayana Rodrigues, 23 anos, está com o traficante Menor P. há dois anos e também foi punida pela ‘traição’. Na favela, bandido passou a ser chamado de “Tufão” Leslie Leitão, na Veja on-line “Deixa ela passar. Não olha nem mexe. Sabe quem tá passando? É a mulher do chefe”. Popular nos bailes das favelas do Rio, o funk Mulher do Chefe traz, no refrão, uma brincadeira com uma das leis do […]

Um passeio pelas ‘ruínas’ do Orkut, uma cidade fantasma

Um passeio pelas ‘ruínas’ do Orkut, uma cidade fantasma
Que fim levou aquela que já foi a maior rede social do país e por onde andam alguns dos seus membros mais ativos Hoje esvaziado, site vive onda nostálgica que reverencia suas hilárias comunidades em outros fóruns na internet Maurício Cid, que criou 1.024 comunidades e agora tem blog “Não Salvo”, é um dos “órfãos” Roberto Kaz, em O Globo Uma das última vezes que escrevi uma frase no Orkut […]

Site promete transformar ‘pé na bunda em felicidade’

Site promete transformar 'pé na bunda em felicidade'
Rayanne Azevedi, na Folha de S.Paulo “Advogado, dono de fazenda, cabeças de gado e de um corpão. Muito carinhoso!” É assim que o estudante de direito Rodolfo Abbud, 20, é descrito em um site. Pareceria autopromoção, não fosse por um detalhe: o texto não é dele. Circulando pelas redes sociais desde terça-feira (12), o site “Recomende Um Ex” (recomendeumex.tumblr.com) nasceu de uma missão quase altruísta: recomendar ex-namorados, rolos e afins […]

Pastor não é profissão, é vocação, diz Feliciano sobre empregados

Pastor não é profissão, é vocação, diz Feliciano sobre empregados
Sueli de Freitas, no UOL “Pastor não é profissão, é vocação, não recebem salário [na igreja] para isso. Eles trabalham pra mim, para o meu gabinete, levando os jovens para centros de recuperação, dando assistência social”. A afirmação foi feita nesta terça-feira (13) pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP), que emprega no seu gabinete parlamentar cinco pastores da sua igreja evangélica. O deputado falou na saída da sessão da Comissão de […]

Deputado Marco Feliciano emprega pastores que só trabalham na igreja

Deputado Marco Feliciano emprega pastores que só trabalham na igreja
Leandro Colon, na Folha de S.Paulo O deputado Marco Feliciano (PSC-SP) emprega no gabinete cinco pastores de sua igreja evangélica que recebem salários da Câmara sem cumprir expediente em Brasília nem em seu escritório político em Orlândia (cidade natal dele, no interior de São Paulo, a 365 km da capital). Há dois anos, a cúpula da Catedral do Avivamento, igreja fundada pelo deputado, ocupa cargos de assessoria parlamentar no gabinete […]