Devaneios

Publicado por Silas LimaNo silêncio dos instantes solitários, dos porões de navios à vela, ouvem-se os gritos de vocábulos empedernidos.Na sonoridade do lugar o criativo anima-se aquecido pela solidão, a mente constrói mundos incontidos, os olhos fecham-se, cedem sua … Continuar lendo