Conteúdo marcado como Eu Quero

Caminhar ativa a criatividade, aponta estudo nos EUA

Em todos os experimentos, a caminhada parece ter eriçado raciocínios menos óbvios Demétrio Pereira, no ZH Friedrich Nietzsche deve ter pisado muito chão antes de se permitir um aforismo decisivo destes: “Todos os pensamentos verdadeiramente grandes são concebidos durante uma caminhada”. O alemão sapateava os morros da Riviera Francesa ocupado com ideias graúdas – o óbito de Deus, por exemplo –, mas até para filosofias de menos ambição está servindo […]

Por que eu nunca vi isso antes? 10 ideias geniais!

Dario Barbosa, no SOS Solteiros Criatividade deveria ser muito mais valorizada, afinal o que seria do mundo se não fosse a gambiarra a arte? Que mundo chato. Mas, e quando a arte encontra o dia-a-dia, as coisas que usamos frequentemente, não se engane achando que arte é somente aquele amontuado de formas sem sentido, ou desenhos realistas. Arte é qualquer forma de expressão criativa, inclusive na forma como comemos pizza, batata frita, […]

Assim surgiu a brincadeira da Girafa

Assim surgiu a brincadeira da Girafa
David Castillo, no Facebook Diabo: Precisamos pensar em uma nova estratégia para dominar a mente das pessoas. Sub-Diabo: Hum… deixa eu ver se descubro algo novo no Google. Diabo: Tá… mas antes deixa eu ver meu face. Sub Diabo: Isso chefe, o Face! Diabo: Que tem o Face? Deixei o meu aberto? Sub Diabo: Não chefe, o que eu quero dizer é que a gente tem q usar o Face […]

Eu não quero mais do mesmo

Eu não quero mais do mesmo
Rita de Cássia de Araújo Almeida, no Não sou eu quem me navega, quem me navega é o mar… Em tempo de levantar bandeiras, peço licença para levantar as minhas. Eu não quero mais automóveis, viadutos, estacionamentos, avenidas, sinais de trânsito, pontes ou anéis rodoviários. Eu quero uma cidade que privilegie os caminhantes e os ciclistas, os corredores de rua, os cadeirantes, os deficientes visuais e os que passeiam com seus […]

Nós, incompletos

Nós, incompletos
Desde quando ficou feio precisar do carinho e da atenção do outro? Ivan Martins, na Época Gente perfeita não precisa dos outros. São tipos como você e eu que necessitam das qualidades dos parceiros. Eles nos emprestam organização, paciência e disciplina, em troca de humor, espontaneidade e imaginação. Eles nos dão coragem quando somos covardes, nos acalmam se estamos em fúria e elucidam, com a sua inteligência, tramas que nós […]