Conteúdo marcado como existência

Viver ou existir, eis a questão

Viver ou existir, eis a questão
Ricardo Gondim Minha sede se parece à da corça perdida, que suspira por um regato. Anseio viver. O passar do tempo impôs uma questão essencial: quando, finalmente, encontrarei coragem para embarcar na aventura de desdobrar a existência em vida? Viver e existir se diferenciaram qualitativamente. Existir cumpre a sina biológica de preencher a lacuna entre o nascer e o morrer. Viver confere significado ao tempo – àquele hífen que há […]

A vida sem rédeas

A vida sem rédeas
Ricardo Gondim A vida se parece com um cavalo chucro. Ela não obedece prognósticos, despreza vaticínios e nunca se prende aos trilhos da lógica. Quando puxada à direita, desobedece. Se afrouxamos as rédeas e cogitamos parar, eventos súbitos nos surpreendem. Quem não se dobra à verdade de que a vida é selvagem, desperdiça enormes pedaços da existência. O esforço de encabrestar o potro selvagem chamado vida, exaure. Querer antecipar o […]

O Deus (deus?) de Einstein

O Deus (deus?) de Einstein
Reinaldo José Lopes, no blog Darwin e Deus “Sem religião, a ciência é manca; sem ciência, a religião é cega.” A frase, caso você não saiba, é de autoria do físico alemão Albert Einstein (1879-1955), e as pessoas adoram usá-la para 1) mostrar como o pai da teoria da relatividade defendia a conciliação e o meio-termo entre visões científicas e religiosas do mundo e 2) usar a suposta crença de […]

Aplicativo para avaliar moças, ‘Tubby’ nunca existiu, dizem criadores

Aplicativo para avaliar moças, ‘Tubby’ nunca existiu, dizem criadores
  Publicado no G1 Os criadores do aplicativo “Tubby”, para homens avaliarem mulheres, revelaram que o lançamento do app nunca existiu e, na verdade, se tratava de uma campanha para conscientizar as pessoas dos limites da exposição da intimidade e dos riscos da violação da intimidade, de acordo com um vídeo publicado nesta sexta-feira (6) no YouTube pelos criadores. A proposta do aplicativo gerou comoção entre as mulheres. A 15ª […]

O eleito

Ricardo Gondim Às vezes, querendo isolar-me e meditar, caminho por alamedas de antigos cemitérios. Reconheço a excentricidade. Mas não há nada mórbido ou sinistro em mim.  Ali, diante da mais crua realidade, sou colocado cara a cara com a vida, sem evitar a finitude dos meus anos. Bom lugar para repensar prioridades. Nessas andanças, vejo sepulcros antigos, semidestruídos, e imagino o que deve ter acontecido àquela família para deixar o […]