Conteúdo marcado como Folha de S.Paulo

Triste Copa

Triste Copa
Luiz Caversan, na Folha de S.Paulo Esta Copa está uma tristeza, não é mesmo? Uma tristeza pra quem disse que nem haveria Copa, porque os jogos estão sensacionais, surpreendentes, emocionantes e, com raras exceções, com altíssimo nível técnico. Uma tristeza para aqueles que esbravejaram o tempo todo porque o sucesso da Copa seria o sucesso do governo, dos corruptos, da ditadura da Fifa, do capitalismo, da burguesia e de “tudo […]

‘Eu me sinto miserável cada vez que entro no Facebook’

'Eu me sinto miserável cada vez que entro no Facebook'
Mirian Goldenberg, na Folha de S.Paulo Tenho me deparado com uma nova realidade que atinge homens e mulheres de todas as idades: o fantástico mundo do Facebook. É no Facebook que muitos buscam novos e antigos amores, fazem amigos, registram as coisas mais banais e, principalmente, encontram o reconhecimento que tanto procuram. Uma atriz de 32 anos contou: “O meu ‘Face’ é uma espécie de diário. Nele coloco tudo o […]

Jesus can’t be boring

Jesus can't be boring
A vida é curta, precária e frustrante, logo, uma hora dessas, ou Jesus ou Frontal vai bater na sua porta Luiz Felipe Pondé, na Folha de S.Paulo Não, o título deste texto não é uma citação, apenas uma expressão que em inglês soa melhor. Se formos falar “Jesus não pode encher o saco” ou “Jesus não pode entediar”, isso não capta o sentido contemporâneo de Jesus como “commodity”. Inglês é […]

Lula, Marina e o dia em que Deus entrou no meio

Lula, Marina e o dia em que Deus entrou no meio
Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo Lula gosta de falar do dia em que ele e Marina Silva conversaram com Deus sobre a permanência da então ministra do Meio Ambiente no governo dele. Gosta tanto que a história já se espalha: quatro políticos muito próximos do ex-presidente –três deles, ex-ministros de sua equipe– a reproduziram para a coluna, em momentos diferentes. * Já Marina, consultada, reagiu num primeiro momento dizendo […]

Novos labores

Novos labores
Marina Silva Primeiro de Maio, eu me lembro. No início dos anos 80 ajudei a criar a CUT no Acre, com Chico Mendes, e acompanhei sua grande dificuldade em fazer a maioria dos dirigentes sindicais da época aceitar a luta dos seringueiros em defesa da floresta. Mesmo os que queriam transformar a antiga estrutura, dos tempos de Getúlio Vargas, ainda resistiam às novas lideranças, bandeiras e formas de organização. Mais […]