Conteúdo marcado como jocoso

Aaron Swartz não se contentava com uma vida confortável

Aaron Swartz não se contentava com uma vida confortável
O ativista seguiu seus ideais e não o mercado Vinicius Felix, no Blog do Alexandre Matias Como acontece com quase tudo online, o trecho do clássico poema beat Grito (Howl, em inglês), de Allen Ginsberg, virou piada há algum tempo. A épica constatação que “vi as melhores mentes da minha geração destruídas pela loucura” ganhou um tom jocoso feito para ridicularizar uma das principais obsessões profissionais deste século digital: “Vi […]

Deus é brincalhão

Camilo Irineu Quartarollo, em A Tribuna Neste século globalizado não podemos escrever só para um tipo de leitor. Temos de ser meio bíblicos, ter umas quatro tradições interdependentes num texto, com quatro mãos herméticas – a bíblia tem um tom jocoso nas palavras e frases e antíteses bem feitas. Veio primeiro pela oralidade, contada de pai para filho, de uma forma “cantada” para que facilitasse a fixação do dito na […]