Conteúdo marcado como livros

Gênesis de uma igreja contemporânea

Gênesis de uma igreja contemporânea
. Paco Palafox [via El Rincón del café] 1 No princípio ele criou  a sua própria igreja, alugando um lugar para reunir algumas pessoas sem ter denominação alguma e declarou a si mesmo “pastor”. . 2 E a igreja era sem forma e vazia, mesmo assim algumas pessoas vieram apoiá-lo. E até então o Espírito de Deus pairava sobre a face daquele lugar. . 3 E o pastor disse: façamos […]

Evangélicos sem espetáculo

Texto de Nicholas D. Kristof publicado no The New York Times [via Estadão] Nesta época de polarizações, poucas palavras provocam tanta aversão nos ambientes liberais quanto “cristão evangélico”. Em parte, isto se explica porque, nos últimos 25 anos, os evangélicos foram associados a personagens rabugentos e fanfarrões. Quando os reverendos Jerry Falwell e Pat Robertson debateram na televisão se os ataques de 11 de Setembro foram uma punição de Deus […]

Nilton Bonder: um rabino por inteiro

Nilton Bonder: um rabino por inteiro
Marília César Conta-se de um rabino que andava louco de vontade para provar uma daquelas comidas proibidas pela tradição judaica. Ele vai para o subúrbio, entra num pequeno restaurante, senta-se na última mesa, chama o garçom e pede um leitão completo. O presidente da sinagoga, que passava pelo bairro, avista o rabino pela janela e entra. “Como vai, o que faz por aqui?” O rabino transgressor começa a suar frio […]

Casa arrumada

Casa arrumada
Carlos Drummond de Andrade Casa arrumada é assim: Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz. Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela. Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas… Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo: Aqui tem […]

Conselhos de pai para filho

Léo Luz, no Brasil 247 Filho, essa carta é pra você. Você ainda não nasceu, sei bem disso. Se nasceu, ainda não me comunicaram, logo esta carta é para você, filho, que hoje, dia vinte e nove de Junho de 2011, ainda não nasceu. Eu ando meio desanimado e desesperançoso com o mundo, a ponto de pensar seriamente se quero que um dia você venha a esse mundo horroroso e […]