Conteúdo marcado como manifestações

Jogos Vorazes e a Tailândia: a arte pode estimular o senso crítico dos jovens?

Jogos Vorazes e a Tailândia: a arte pode estimular o senso crítico dos jovens?
Adolescentes tailandeses estão usando a saudação dos filmes de “Jogos Vorazes” para demonstrar reprovação ao golpe militar no país. O caso indaga a responsabilidade social do cinema Isabella Carrera, na Época A Tailândia está assistindo a um cenário político no estilo “vida imitando a arte”. No dia 22 de maio desse ano, um golpe foi aplicado pelo militar Prayuth Chan-ocha que, em agosto, foi escolhido como primeiro-ministro por seus colegas […]

Jovem de 17 anos lidera protestos em Hong Kong

Jovem de 17 anos lidera protestos em Hong Kong
Fã dos protestos pacíficos, Joshua Wong diz que às vezes é preciso lançar mão da ‘desobediência civil’ Publicado no G1 Ele vem sendo chamado de “extremista” e de “fanfarrão” por muitos chineses. Mas Joshua Wong, um estudante de 17 anos, parece não se importar. Ele está mais interessado em tentar liderar uma revolução social em seu país. Joshua vive em Hong Kong, uma ex-colônia britânica que foi devolvida à China […]

Cadê Nós?

Cadê Nós?
Levante a cabeça, não é hora de ir às ruas, mas de ir às urnas Fábio Silva Era junho de 2013, e lá, estávamos nós, nas ruas… Invadimos, éramos milhares. Haviam gritos de ordem. Havia uma juventude que pedia algo novo, um Brasil passado a limpo e não daqui a 10 anos, JÁ!  Havia pressa, sede de justiça, de moralidade. “Agora NÓS queremos participar, chega!” “Quem manda somos NÓS!”  Parecia um movimento […]

“Consegui convencê-lo pela canseira”, diz pai de black bloc

"Consegui convencê-lo pela canseira", diz pai de black bloc
Motorista Osvaldo Baldi, de 50 anos, afirma que buscou o filho na manifestação para protegê-lo da reação da polícia Mariana Zylberkan, na Veja on-line Certo de que o pior poderia acontecer, o motorista Osvaldo Baldi, de 50 anos, não relutou em sair de casa e se infiltrar no meio de mascarados que se preparavam para ocupar a linha de frente do protesto que tentou fechar a avenida Radial Leste, principal […]

Descubra alguns motivos do ódio de paulistanos pela Copa do Mundo

Descubra alguns motivos do ódio de paulistanos pela Copa do Mundo
Rafael Andery, na Folha de S.Paulo Apesar de 1958. Apesar de 1962. De 1970 e 1994. De 2002. Apesar de Pelé e Garrincha, de Bebeto e Romário, de Ronaldo e Rivaldo. Apesar da “pátria de chuteiras” e de Nelson Rodrigues. De Neymar e de todos os outros pesares, muitos paulistanos não estão nem um pouco preocupados com o desempenho da seleção brasileira na Copa do Mundo. Os motivos do descaso […]