Conteúdo marcado como mortes

Selfies já matam mais humanos do que ataques de tubarões

Selfies já matam mais humanos do que ataques de tubarões
Publicado na Época Já falamos deste “fenômeno” aqui no Experiências digitais: selfies podem matar. Um levantamento feito pelo site de tecnologia Mashable mostra que o número de mortes causadas por selfies em 2015 supera o de causadas por ataques de tubarões. Foram 12 acidentes fatais originados pelo ato de tirar fotos de si mesmo contra oito ataques de tubarões. O último caso aconteceu na semana passada. Um turista japonês morreu […]

As formas absurdas de morrer ao fazer uma “selfie”

As formas absurdas de morrer ao fazer uma "selfie"
Pessoas tirando selfies em situações perigosas causam preocupações em alguns países , conheça algumas situações Publicado por BBC Brasil [via iG] Existem muitas formas de morrer, mas, até algum tempo atrás, não seria possível imaginar que tirar “selfies” poderia ser uma delas. Tirar uma foto de si mesmo subindo no trilho de um trem, ou encostado à borda de um edifício monumental ou ainda se equilibrando no parapeito de uma […]

Capitais brasileiras têm um assassinato a cada meia hora

Capitais brasileiras têm um assassinato a cada meia hora
Juliana Coissi, na Folha de S.Paulo A cada meia hora, uma pessoa foi assassinada em capitais brasileiras no ano passado. Foram 15.932 vítimas, uma alta de 0,8% em relação ao ano anterior, segundo a 9ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Os casos mais críticos estão no Nordeste: oito das nove capitais da região (com exceção de Recife) estão na lista das dez maiores taxas de homicídio doloso e […]

Eduardo ou Thomaz: qual dor é maior?

Eduardo ou Thomaz: qual dor é maior?
Luiz Caversan, na Folha de S.Paulo Mais uma vez, o canal fétido de “comunicação” que em certos momentos têm se transformado as redes sociais (ou sociopatas?) deu o ar de sua graça. Agora, para achincalhar mortes. Mortes de jovens, mortes de filhos. Como se fosse possível comparar mortes, sofrimentos, tragédias: por que a dor do pai de Eduardo, menino morto no morro do Alemão, é maior ou mais digna de […]

Um jovem morre vítima de álcool a cada 36 horas

Um jovem morre vítima de álcool a cada 36 horas
Publicado por Estadão Conteúdo [via UOL] A morte do universitário Humberto Moura Fonseca, de 23 anos, em uma festa em Bauru, no sábado passado, após a ingestão de 25 doses de vodca, não é uma situação tão incomum no País. Dados levantados pelo jornal O Estado de S. Paulo no portal Datasus mostram que, a cada 36 horas, um jovem brasileiro morre de intoxicação aguda por álcool ou de outra […]