Conteúdo marcado como poeta

Rubem Alves é internado em UTI e está inconsciente

Rubem Alves é internado em UTI e está inconsciente
Publicado na Revista Ultimato O escritor, educador, psicanalista, teólogo e ex-pastor presbiteriano, Rubem Alves, de 80 anos, foi internado nesta semana na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do Centro Médico Barão Geraldo, em Campinas (SP). O pastor Luiz Longuini Neto o visitou ontem à noite, por volta das 20h30, e disse que o educador está inconsciente. “Ele está em tratamento intensivo, parece que com uma infecção pulmonar. Não tenho mais […]

Quintessência

Quintessência
Yago Licarião, no Retalhos e Frestas Poesia é a pobre maneira de traduzir em palavras os mistérios da vida e da morte. Estupefatos, reduzimos a letras o incompreensível. Ora, toda palavra é mera fração, fragmento, sempre incompletas, nunca acabadas. Incapazes de abarcar as revelações sensoriais, nos contentamos com ínfimas definições, sentenciamos o inefável. Todo poeta soçobra em angústia, decai em descontentamento. Nem seus olhos, boca e mãos se mostram suficientes […]

O que o amor significa para crianças de 4 até 8 anos

O que o amor significa para crianças de 4 até 8 anos
Publicado no Hypeness Todo mundo fala dele, todo mundo o quer, mas, afinal, o que é o amor? Para o poeta português Luís de Camões, é o fogo que arde sem se ver, já para o sertanejo, amor é o que mexe com a cabeça, é o que faz pensar no outro e esquecer de si. Faz sentido? Educadores resolveram, então, fazer essa pergunta a um grupo de crianças que tinham […]

Drummond foi cliente de comerciante que limpou estátua do poeta após pichação

Drummond foi cliente de comerciante que limpou estátua do poeta após pichação
Herbert Parente, morador de Copacabana, é dono de uma loja de construção, gosta de dançar e é reconhecido com gosto pela clientela Fabíola  Leoni em O Globo RIO — Ao ouvir no rádio a notícia sobre a pichação da estátua de Carlos Drummond de Andrade, ocorrida na madrugada de Natal, o comerciante Herbert Parente não pensou duas vezes. Pegou thinner — espécie de solvente —, estopa, flanela e pincel e […]

A gente morre todos os dias. Mas se esquece e levanta

A gente morre todos os dias. Mas se esquece e levanta
  Publicado por Graça Taguti Se tem algo que desperta muita ira em nós é o descontrole sobre a hora da nossa morte. E sobre o momento da nossa concepção e nascimento. Sentimo-nos, paradoxalmente, cada vez mais empoderados, tendo como cúmplices as sucessivas invenções das novas tecnologias. O domínio sobre o universo, objetos coisas e pessoas. A era glass, a era touch e a era do controle (a última apontando […]