Conteúdo marcado como prata

Porta abre em decolagem, e avião ‘perde’ barras de ouro e prata, na Sibéria

Porta abre em decolagem, e avião 'perde' barras de ouro e prata, na Sibéria
Publicado em O Globo Um avião russo lotado de metais preciosos despejou a valiosa carga durante a decolagem e espalhou barras de ouro e prata pela pista e pelos arredores do aeroporto da Sibéria. A aeronave da companhia Antonov parou no terminal de Yakutsk para abastecer e, ao retomar a viagem, levantou voo com a porta aberta. Os investigadores estimam que a falha tenha espalhado quase 200 barras extraídas da […]

Cientistas pretendem tirar ouro do cocô

Cientistas pretendem tirar ouro do cocô
Carol Castro, no Ciência Maluca Seu cocô vale uma fortuna. Quando você pressiona a descarga manda embora não só o resultado final da digestão. Joga lá para baixo também uma porção de metais raros e preciosos absorvidos pelo corpo – ou eliminados dele durante o banho. Quem descobriu foi a pesquisadora Kathleen Smith, do Departamento de Pesquisa Geológica dos Estados Unidos. A equipe dela coletou deliciosas amostras do esgoto de […]

Gênesis, revisto e ampliado

Gênesis, revisto e ampliado
Visto que se aproximava o sétimo dia, Deus disse: ‘Que a meia fure, que a privada entupa, que a internet caia…’ Antonio Prata, na Folha de S.Paulo Então o Senhor Deus disse a Adão: porquanto deste ouvidos à tua mulher, e comeste da árvore que eu te ordenara não comesses: maldita é a terra por tua causa; com o suor do rosto comerás o teu pão, até que te tornes […]

Fenômeno paraolímpico, Alan Fonteles “agradece a Deus” por deficiência

Fenômeno paraolímpico, Alan Fonteles "agradece a Deus" por deficiência
Guilherme Costa e Luiza Oliveira, no UOL Esporte “Eu jogava bola, corria, andava de bicicleta, pulava muro e corria atrás de pipa. Na escola, sempre brinquei com os meus colegas. Voltava para casa todo sujo. Tive uma vida normal”. O relato exemplifica com perfeição o comportamento de Alan Fonteles, um dos principais nomes do esporte paraolímpico brasileiro atualmente. Longe da comiseração ou da afetação pelos obstáculos superados, o paraense não […]

Recordação

Antonio Prata, na Folha de S.Paulo “Hoje a gente ia fazer 25 anos de casado”, ele disse, me olhando pelo retrovisor. Fiquei sem reação: tinha pegado o táxi na Nove de Julho, o trânsito estava ruim, levamos meia hora para percorrer a Faria Lima e chegar à rua dos Pinheiros, tudo no mais asséptico silêncio, aí, então, ele me encara pelo espelhinho e, como se fosse a continuação de uma […]