Conteúdo marcado como Presença do axé

Da pedra ao diálogo

Da pedra ao diálogo
William Helal, em O Globo Perseguições, prisões e até mortes de adeptos das religiões de matriz africana eram frequentes no Brasil do século XIX. Um absurdo escorado na letra do artigo 157 do primeiro Código Penal republicano, de 1890, que proibia “praticar o espiritismo, a magia e seus sortilégios, usar de talismãs e cartomancias para despertar sentimentos de ódio e amor, inculcar cura de moléstias curáveis ou incuráveis, enfim para […]