Conteúdo marcado como raio x

O sexto sentido que você não sabia que tinha

O sexto sentido que você não sabia que tinha
Publicado no Hypescience Já imaginou ter uma superpoder? Algo que você usa, por exemplo, para ter informações adicionais sobre o mundo? Não estou falando exatamente de uma visão de raio-X, mas seus olhos têm habilidades que você pode não estar ciente. Chega de mistério Estamos todos familiarizados com cor e brilho, mas há uma terceira propriedade da luz, não tão famosa, chamada “polarização”. Essa propriedade nos diz a orientação em […]

Britânico de 51 anos espirra brinquedo aspirado na infância

Britânico de 51 anos espirra brinquedo aspirado na infância
Publicado por BBC Brasil Um britânico de 51 anos espirrou a parte de um brinquedo que havia aspirado há mais de 40 anos. Steve Easton, de Surrey, ao sul de Londres, teve um acesso de espirros e “uma sensação muito desconfortável” antes de sentir algo sair lentamente por sua narina esquerda. Easton não conseguiu reconhecer o que era aquela peça, a bala de borracha de um revólver de brinquedo. O […]

Evangélicos são maioria entre os jogadores brasileiros da atualidade

Evangélicos são maioria entre os jogadores brasileiros da atualidade
Publicado originalmente no UOL Os jogadores evangélicos são maioria no futebol brasileiro atual, revela uma pesquisa do UOL Esporte realizada com 105 jogadores de grandes times do país. Os atletas foram ouvidos sobre o tema em condição de anonimato. Um terço dos atletas consultados (33%) está ligado a religiões evangélicas, enquanto que 18% afirmaram serem seguidores do catolicismo. Por fim, 2% declaram ser batistas. Nas respostas, 19% dos jogadores consultados […]

Leite condensado, ketchup e cigarro

Leite condensado, ketchup e cigarro
Publicado por Lucas Lujan O leite condensado foi inventado para substituir o leite materno. O ketchup já foi considerado remédio. Nas propagandas de cigarros, médicos eram os modelos que incentivavam seu consumo para uma vida saudável. Nenhuma dessas coisas, contudo, persistiu. Por uma razão simples: temos a capacidade de repensar. Nada dessas coisas fazia mais sentido, foram então reformuladas. As coisas que são não precisam ser para sempre, podem ser […]