Conteúdo marcado como Santo Agostinho

Essa beleza frágil e imensa

Essa beleza frágil e imensa
Luiz Felipe Pondé, na Folha de S.Paulo Você já se sentiu infinitamente pequeno diante de algo imenso e infinito? Já percebeu o quão frágil é tudo à sua volta, inclusive, e principalmente, você? Já pensou que um dia o sol se apagará e tudo que você conhece deixará de existir? Já pensou que em meio a tantas pessoas que transaram desde a mais distante ancestralidade humana, a “cadeia de orgasmos” […]

Ama e faze o que quiseres

Ama e faze o que quiseres
Ed René Kivitz Os debates morais têm em suas entrelinhas a discussão a respeito das fontes de autoridade para a normatização do que é aceitável e permitido, o que deve ser coibido e proibido. Existem várias fontes normativas: as escolas filosóficas, a ciência, a racionalidade (modernidade) e a subjetividade (pós modernidade) humanas, a antropologia e as construções culturais, são exemplos de critérios que ao longo do tempo vêm sendo usados […]

‘Esperança do Mundo’

'Esperança do Mundo'
Luiz Felipe Pondé, na Folha de S.Paulo “Nunca confiei na felicidade”, diz o personagem de Robert Duvall no filme “Tender Mercies” (“A Força do Carinho”, título brasileiro bem infeliz para o filme), papel com o qual ganhou o Oscar de melhor ator em 1983. O filme narra a derrocada de um cantor de música country e sua sofrida redenção, graças ao amor e generosidade de uma mulher. No filme, salta […]

Pecados, demônios e tentações em Chaves

Pecados, demônios e tentações em Chaves
  Publicado na Revista Bula Sartre escreveu em sua famosa peça “Entre Quatro Paredes”, de 1945, que “o inferno são os outros”. Não existe uma definição universalmente aceita sobre o conceito de in­ferno na tradição teológica ocidental. Segundo o historiador Jean Delumeau, no livro “Entrevistas Sobre o Fim dos Tempos”, o catolicismo tradicional, apoiando-se em Santo Agostinho, apregoava a “existência de um lugar de sofrimento eterno para aqueles que tiverem […]

Os venerandos da teologia falaram bobagem

Os venerandos da teologia falaram bobagem
Ricardo Gondim Leio História do medo no Ocidente, de Jean Delumeau (Companhia de Bolso). Vou devagar, o volume de informações excede o meu hardware. Entretanto, já aprendi sobre o pavor que o mar impingiu aos antigos navegadores, que acreditavam em leviatãs, sereias e polvos gigantes. Antes de partir, muitos marinheiros sacrificavam animais na esperança de não serem tragados, caso ultrapassassem as linhas imaginárias do medo. O Cabo do Bojador, na costa […]