Conteúdo marcado como teologia

Gentileza, s’il vous plaît

Gentileza, s’il vous plaît
Ricardo Gondim O crítico literário Antônio Candido defendeu a crônica no texto “A vida ao rés do chão”. Ele desmontou a ideia de que a crônica não pertence ao ‘gênero maior’ da literatura. Candido afirma: Já que não se imagina que uma literatura feita de grandes cronistas, dramaturgos e poetas. Nem se pensaria em atribuir o Prêmio Nobel a um cronista, por melhor que fosse. ‘Graças a Deus’, – seria […]

Os intelectuais são do bem?

Os intelectuais são do bem?
Luiz Felipe Pondé, na Folha de S.Paulo Tenho me perguntado uma coisa há algum tempo, e o leitor que me acompanha sabe disso. A pergunta que me atormenta é: por que nós intelectuais achamos que somos do bem? Explico meu estranhamento. Intelectuais são pessoas normais e, portanto, movem-se por interesses que nem sempre podem ser confessados em voz alta. Por exemplo: vaidade, ambição, paixões, racionalizações pragmáticas, inveja, ódio, amor, instintos […]

Nasce uma fé compassiva

Nasce uma fé compassiva
Ricardo Gondim Me entrego a arte de desaprender. Semelhante a Barthes, busco me despir dos saberes que se agarraram ao meu corpo, da mesma forma que a craca se agarra ao casco dos navios. Entre meus esquecimentos, desejo purificar-me da ideia, que prevalece entre religiosos, de uma divindade orquestradora dos mínimos eventos e de todos os nano instantes do universo. Pergunto, ao lado de Ivan Karamazov, como sustentar uma lógica […]

Também sou ateu

Também sou ateu
Ed René Kivitz Ateu dos deuses que mandam matar. Ateu dos deuses que se impõem pela força. Ateu dos deuses que não estão abertos ao diálogo, que não conseguem conviver com o diverso, de tão melindrosos não aceitam o contraditório. Ateu dos deuses que promovem os intolerância e abençoam os intolerantes. Ateu dos deuses que sustentam regimes de segregação. Ateu dos deuses que convocam militantes, esses insuportáveis fanáticos patrocinados por […]

Os vendilhões do templo

Os vendilhões do templo
Ricardo Gondim A pergunta necessária que toda a organização deve fazer: é possível nossa instituição ser eficiente, bem sucedida, e mesmo assim perder o sentido? Na narrativa do evangelho de João, Jesus expulsa vendedores que se tornaram promotores de um camelódromo no espaço sagrado. O lugar onde o peregrino devia ser acolhido, e o adorador encontrar ambiente para o culto, havia se transformado em feira-livre. Jesus, então, vira as mesas […]