Conteúdo marcado como University College London

Quanto tempo para se adquirir um novo hábito?

Quanto tempo para se adquirir um novo hábito?
publicado Up date or Die O fato é o seguinte: se você quer mudar algo em sua vida, seja se alimentar melhor, aprender uma nova língua, se exercitar mais, ler mais, parar de fumar, ter mais qualidade de vida… você vai precisar de algum esforço no início até que esse novo hábito faça parte do seu cotidiano. Para incorporar qualquer novo hábito você precisa de tempo e esforço. Por exemplo, […]

Estudo aponta que mesas para trabalhar em pé não servem para muita coisa

Estudo aponta que mesas para trabalhar em pé não servem para muita coisa
publicado no Hypescience As mesas para trabalhar em pé vinham sendo aclamadas como a solução para os problemas da nossa geração, que passam muitas horas por dia sentados – um hábito nada saudável. Porém, um novo estudo diz que elas, na verdade, não diminuem estes riscos, a menos que você também seja fisicamente ativo. Depois de vários estudos afirmarem que ficar sentado no trabalho o dia todo está nos matando […]

Piadas sobre obesidade podem prejudicar a perda de peso

Piadas sobre obesidade podem prejudicar a perda de peso
publicado na Galileu Uma nova pesquisa, feita no Reino Unido, sugere que “brincar” com a obesidade dos outros pode fazer com que essas pessoas engordem mais. Os cientistas quiseram entender os efeitos do ato conhecido como “fat shaming” (envergonhar-se por ser gordo, em tradução livre) em seu novo estudo. Com mais de 3000 adultos fazendo parte da pesquisa, a equipe procurou pessoas que já haviam sofrido algum tipo de descriminação […]

Taxa de suicídio entre jovens cresce 30% em 25 anos no Brasil

Taxa de suicídio entre jovens cresce 30% em 25 anos no Brasil
Iara Biderman, na Folha de S.Paulo É uma das primeiras causas de morte em homens jovens nos países desenvolvidos e emergentes. Mata 26 brasileiros por dia. E ninguém quer falar no assunto. No Brasil, a taxa de suicídio entre adolescentes e jovens aumentou pelo menos 30% nos últimos 25 anos. O crescimento é maior do que o da média da população, segundo o psiquiatra José Manoel Bertolote, autor de “O […]

Ter fé, mas sem religião, eleva risco de transtornos

Publicado na Folha de S.Paulo Pessoas espiritualizadas, mas que não seguem uma religião formal, são mais propensas a sofrerem de transtornos mentais do que ateus e religiosos “tradicionais”. O trabalho, feito pelo University College London e publicado no “British Journal of Psychiatry”, entrevistou 7.400 pessoas na Inglaterra, das quais 35% seguiam uma religião, 19% eram espiritualizadas e 46% não eram uma coisa nem outra, ateus e agnósticos. Os espiritualizados não […]